-Publi-A-

Contas de convênios podem barrar candidaturas em todo o AM. Veja a lista

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) divulgou na tarde deste domingo documentos de contas de convênios que foram reprovadas pela Corte e que podem barrar candidaturas em todo o Estado do Amazonas.

As listas dos políticos que podem ter candidaturas impugnadas por causa disso incluem nomes como o do ex-secretário de Estado da Educação Gedeão Amorim (PMDB), que este ano disputa vaga à Câmara Municipal de Manaus, do vereador Arlindo Júnior (Pros) e uma longa relação de prefeitos, ex-prefeitos e dirigentes de entidades de Manaus e do interior do Estado.

Contas de Convênio_1 Câmara

Contas de Convênio_2 Câmara

A informação de que esses gestores e/ou ex-gestores podem estar inelegíveis é uma interpretação dos tribunais de contas do Estado sobre a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que desconsiderou o julgamento técnico dos tribunais de contas nas prestações de contas como um dos critérios usados pelos órgãos eleitorais para impedir fichas-sujas no pleito.

Isso, porém, disse em palestra que proferiu no sábado, em Manaus, o presidente do TCE-AM, Ari Moutinho, não impede que os prefeitos e ex-prefeitos que tiveram problemas na prestação de contas de convênios sejam impedidos de participar do pleito, porque o STF não tratou dessa questão.

Assista à palestra:

Foto: Divulgação

Do BNC

você pode gostar também