Coreógrafo ministra oficina online de dança africana no domingo (10)

O coreógrafo Wilson Júnior, fundador da companhia de dança Arte Sem Fronteiras, vai ministrar no próximo domingo (10) uma oficina online de dança africana. O conteúdo será transmitido no YouTube da instituição e a aula irá acontecer das 14h às 16h. A coreógrafa Jéssica Moça ficará responsável pela produção do workshop.

O projeto, intitulado ‘Afrobrasílis, uma herança em movimentos’, é de autoria da coreógrafa Jéssica Moça e contemplado no Edital Prêmio Zezinho Corrêa, com apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult.

 

Wilson explica que a proposta da oficina é fomentar a Dança e cultura afro-brasileira, junto ao público desta oficina com o caráter formativo, como: cultura corporal, a diversidade e a desigualdade. 

“A dança afro, a música e a cultura afro-brasileira sem sombra de dúvidas são maneiras efetivas de apresentar aos participantes uma novidade carregada do potencial educativo, pois no seu ensinamento utilizamos o movimento consciente para expressar ideias, pensamentos e reflexões nos âmbitos filosóficos, sociais e políticos”, reitera. 

De acordo com a coreógrafa Jéssica Moça, a dinâmica da oficina também vai trazer a junção da dança contemporânea com o elemento dos orixás que compõem as religiões de matriz africana. 

“Nossa oficina tem como objetivo de enfatizar os movimentos característicos de Orixás usados nos processos ritualísticos praticados pelos afrodescendentes. A oficina lança um olhar dialético com a intenção de abordar as questões que valorizam e compreendem a beleza do universo da cultura afro-brasileira que na maioria das vezes é negligenciada pelo preconceito racial, social e religioso”, conclui. 

Biografia

Natural de Manaus, Wilson Júnior vem representando o Amazonas com grandes trabalhos de projeção da cultura popular do Norte do Brasil em seu currículo trás apresentações construídas para os festivais Toronto Brazilfest no Canadá, Festival da cultura brasileira na Áustria e participação como oficineiro no Internacional Samba Congress de Los Angeles.

A coreógrafa Jéssica Moça realiza trabalhos na Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras desde 2017. Ela soma participações no Festival de Dança de Joinville e no Festival Folclórico de Parintins. Além disso, Jéssica também trabalha coreografando eventos sociais como formaturas e casamentos.

 

você pode gostar também
..