Coronavírus causa a morte de médico peruano, clínico geral, em Parintins

Foto: Rayane Santos/Divulgação

Por Gerlean Brasil

Parintins (AM) – O médico Rodolfo Walter Garcia Ariszmendi, 73 anos, morreu no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), em Manaus, vítima da Covid-19, nesta terça-feira (05). O clínico geral, natural de Lima, Peru, ficou internado por cinco dias, no Hospital Jofre Cohen, desde 17 de abril.


Rodolfo Garcia sentiu os sintomas de Síndrome Respiratória Aguda, pela manhã, em casa. O médico teve o quadro de saúde agravado e necessidade de intubação, na sala de estabilização, para aguardar a remoção a Manaus em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Aérea, no dia 21 de abril.

A transferência do médico, contaminado por Covid-19, em estado crítico, ocorreu no dia 22 de abril. Os profissionais da saúde do Hospital Jofre Cohen registraram o momento da saída de Rodolfo Garcia para o encaminhamento ao tratamento especializado em UTI, em Manaus, marcado por muita emoção.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, destacou a vida de dedicação de Rodolfo Garcia à população, na urgência dos hospitais Padre Colombo e Jofre Cohen, além da atenção básica, desde 1° de setembro de 2002. “Deixo o nosso agradecimento por esses anos de convivência e de profissionalismo”, declarou.

você pode gostar também