Covid19 pode ter chegado ao Brasil por Manaus, supõe Luiz Henrique Mandetta

Ex-ministro da saúde levantou hipótese em entrevista para a jornalista Leda Nagle, no YouTube. Foto: Marcos Corrêa/PR

Da Redação

Parintins (AM) – O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, acredita que o novo coronavírus entrou no Brasil por Manaus. Isso teria sido causado pela conexão da capital do Amazonas com Miami, nos Estados Unidos da América (EUA), e a China, por conta da Zona Franca. A afirmação foi dada em entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle, no YouTube, no dia 15 de maio.

A comprovação dessa tese, conforme o ex-ministro da saúde, pode ser feita, por meio de inquérito sorológico na população da capital do Amazonas para mostrar o percentual de quantas pessoas têm ou tiveram Covid-19.  “O pessoal de Manaus viaja para Miami, porque é perto, e para a China, onde a Zona Franca faz negócios”, avaliou o ex-ministro da saúde.

As evidências de que o novo coronavírus chegou primeiramente a Manaus podem ter relação com mortes por insuficiência respiratória não identificada, ainda no mês de janeiro deste ano. A população manauara terá mais anticorpos contra a doença do que o resto do Brasil.  “Vai voltar para o período de normalidade, porque as pessoas terão adquirido imunidade”, declarou.

Mandetta reforçou que a pandemia terá 27 semanas no País, com o pico em junho. O ex-ministro da saúde indicou que é a hora da saída será em setembro. Tudo isso vai depender de cada cidade. “O Brasil é um continente. Vamos ter cidades que vão passar primeiro e outras depois. Hoje, o epicentro está deslocando de Manaus para Belém”, explicou.

Com informações do Portal Marcos Santos

você pode gostar também