Criador do Esporte Interativo, Edgar Diniz deixa cargos no canal

O executivo Edgar Diniz, principal responsável pelas negociações do Esporte Interativo pelos direitos de transmissão em TV fechada do Brasileiro a partir de 2019, decidiu deixar os cargos de diretor geral da emissora e vice-presidente sênior do grupo Turner no Brasil.

De acordo com a Folha de S.Paulo, Diniz permanecerá por um mês em seu cargo e depois seguirá como consultor da área esportiva do grupo. Os também fundadores do Esporte Interativo, Maurício Portela e Leonardo Lenz Cesar, passarão a ocupar as funções do ex-diretor geral.
A decisão foi anunciada pelo presidente da Turner na América Latina, Juan Carlos Urdaneta. “Nós dois conversamos muito sobre seu papel na Turner e, por fim, ficou claro para ambos que, apesar de sua grande paixão pela empresa, Edgar está pronto para novos desafios […] fico feliz em divulgar que Edgar concordou em se manter ligado a esse projeto, no papel de conselheiro estratégico”, informou.
“Gostaria de expressar minha apreciação por Edgar, por suas muitas contribuições a Turner, mesmo antes de completarmos a aquisição do EI, no início do ano passado. Desejamos-lhe o melhor”, acrescentou Urdaneta.
Ainda segundo o jornal, Diniz havia comunicado o grupo sobre sua intenção de deixar o cargo há alguns meses, mas negociava a saída, já que a cúpula da Turner solicitou que ele permanecesse. A entrada do grupo fez com que sua autonomia enquanto executivo diminuísse e desejasse iniciar projetos próprios, como fez com o Esporte Interativo.
Do Portal Imprensa
você pode gostar também