De outubro de 2019 a janeiro de 2020, PC recupera 50 celulares furtados e roubados

Gilson Almeida | 24 Horas

[email protected] 

Parintins (AM) – A Polícia Civil por meio da equipe de investigação da 3° Delegacia Especializada (DE) e da 3° Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins recuperaram de outubro de 2019 até em janeiro deste ano 50 celulares furtados e roubados. Na tarde de sexta-feira (24) dois aparelhos foram devolvidos aos seus devidos donos.

As duas pessoas que tiveram seus celulares recuperados na tarde de ontem (24/01) foram Elielton Vieira Serrão, de 32 anos e Iranilson Santos, de 34 anos, ambos vítimas de furto.

O marinheiro Elielton teve seus dois smartphones, um Samsung Galaxy J4 e um Samsung Galaxy A20, cor preta, subtraídos dia 22 de dezembro de 2019, por volta das 01h30, durante um desentendimento num bar, localizado na Rua Geny Bentes, bairro Paulo Corrêa. A Polícia Civil recuperou até o momento o celular Samsung Galaxy A20.

Elielton relata que ficou agradecido a equipe da Polícia Civil por ter um de seus materiais comprados com suor de seu trabalho em suas mãos novamente. “Tiraram os celulares do meu bolso, mas eu tinha certeza no trabalho da polícia de que ela poderia recuperar o aparelho. Então procurei ela e graças à Deus estou com meu telefone”, falou Elielton.

Já o celular Samsung Galaxy A10, cor preta, do pastor Iranilson foi furtado dia 30 de dezembro de 2019 da Igreja Internacional da Graça de Deus, localizada na Avenida Paraíba bairro São Francisco. Segundo ele, o meliante não identificado entrou pelo forro e subtraiu o aparelho. Ele conta que ficou feliz de ter seu objeto de volta. “Para mim é uma satisfação pelo trabalho e empenho da polícia em recuperar o celular. Esse trabalho que é difícil, mas graças à Deus conseguiram”, disse Iranilson.

O delegado da 3° DIP, Adilson Cunha, informou que em alguns locais onde estavam os celulares, foram encontrados outros materiais frutos de roubos e furtos e com isso foi aberto diversos inquéritos para investigar essas situações. “Estamos satisfeitos com a recuperação desses celulares e temos certeza de que estamos podendo contribuir com a sociedade”, salientou o delegado.

O titular destaca ainda que as vítimas que tiverem seus celulares furtados ou roubados devem comparecer na delegacia portando se possível todos os dados do aparelho como a nota fiscal ou a caixa do celular onde contém o IMEI do celular para registrarem o boletim de ocorrência “De posse imediato desse boletim vamos fazer a investigação para que possamos chegar no receptador ou até mesmo no autor do furto ou roubo”, concluiu Adilson Cunha.

você pode gostar também