-Publi-A-

De Parintins para os octógonos do Brasil: Sósia de Ronaldo Jacaré estreia hoje no MMA

Diego encontrou em Ronaldo Jacaré a inspiração para vencer por meio do MMA.

Diego Santos sempre lutou para realizar seus sonhos e hoje combate pela primeira vez oficialmente como atleta de MMA

Niash dos Anjos | 24 horas

[email protected]

Parintins (AM) – No país em que o futebol é soberano, eis que surge uma nova geração de brasileiros. Eles não sonham com o reconhecimento dentro dos gramados e nem almejam vestir a tão disputada camisa 10. Eles querem  ser protagonistas dentro dos octógonos do MMA (Artes Marciais Mistas).

Se comparado ao futebol, o MMA é um esporte novo que no Brasil ganha destaque a partir da década de 20 do século passado, com o Jiu-Jitsu e a família Grace. Anderson Silva, Ronaldo Jacaré e José Aldo, são alguns dos maiores ídolos brasileiros no esporte. E foi Ronaldo Jacaré quem motivou o parintinense Diego Santos, 25, a ir a busca do sonho de ser lutador de MMA.

A Paixão pelo MMA fez Diego Santos deixar Parintins e atravessar o Brasil.

Diego Santos saiu da Ilha Tupinambarana aos 23 anos e atravessou o país para treinar na X – Gym, uma das maiores academias de lutas do Brasil.  “Eu viajei com minha esposa Jossiele Santos, para o Rio de Janeiro. Eu não conhecia ninguém por lá, caí meio que de paraquedas”, lembra. Sem trabalho e casa para morar Diego sofreu com as adversidades para se manter na cidade maravilhosa “Minha esposa e eu tínhamos acabado de casar no Amazonas, e ela veio morar comigo no Rio, só que não tínhamos emprego e nem dinheiro. Passamos por um perrengue, até que ela conseguiu um emprego onde ela pagava nossas contas”. O lutador destaca a importância da esposa nesse período difícil de sua vida. “Ela foi minha nutricionista, patrocinadora, foi tudo para mim. Eu a agradeço por tudo”, comenta Diego.

Diego era um atleta unicamente voltado para o Jiu-Jitsu e na X – Gym aprendeu o Boxe, Muay – Thai e Wrestling.

Chegar ao Rio de Janeiro era apenas parte da caminhada, difícil mesmo era conseguir uma vaga para treinar na academia que ele queria. Conhecida mundialmente a X- Gym atrai lutadores do mundo todo, nomes como Anderson Silva, Erick Silva, Warlley Alves e Ronaldo Jacaré treinam por lá, o que aumenta o número de lutadores que desejam fazer parte da equipe. Para Diego, treinar nessa academia estava entre seus objetivos “Quando saí de Parintins eu coloquei na cabeça que treinaria lá, fui até a academia, mas para poder fazer parte da equipe eu tinha que receber um convite e nem isso eu tinha. Eu não conhecia ninguém no Rio, imagina convite para teste”.

Diego Santos e Anderson Silva

A vida do parintinense começou a mudar quando Josuel Distak, um dos líderes da academia entrou em sua vida e permitiu que ele fizesse o teste. Diego foi aprovado e passou a fazer parte do esquadrão liderado pelo treinador Distak. Na academia o lutador teve seu estilo aprimorado, a princípio Diego era um atleta unicamente voltado para o Jiu-Jitsu e na X – Gym aprendeu o Boxe, Muay – Thai e Wrestling.

Diego se dedica aos treinos sua meta é chegar ao UFC.

Sua inspiração no mundo da luta é o Capixaba radicado em Manaus, Ronaldo Jacaré. “O Distak estava conversando comigo e me perguntou se eu era do Amazonas, eu disse que sim, aí ele chamou um cara que estava atrás de uma mureta e me perguntou se eu o conhecia, já que eu tinha morado em Manaus. O cara que apareceu era o Jacaré, minha inspiração no mundo das lutas, lembro que eu assistia as lutas dele na época do Jiu – Jitsiu, e quando o ‘Jaca’ apareceu na minha frente foi uma alegria imensa”. Com o ingresso no universo da luta Diego adquiriu experiência e inúmeros amigos, com os quais fez parcerias “O Ronaldo Jacaré tem um projeto social no Rio de Janeiro, e quando ele se mudou para os Estados Unidos eu comecei a comandar tudo, então com essa parceria vamos seguindo em frente, no futuro pretendemos ampliar esse projeto”. O lutador fala de sua semelhança com o seu ídolo “Algumas pessoas acham que sou sósia do Jacaré, pois de rosto somos bem parecidos”. A semelhança entre os dois não está somente na aparência, ambos começaram no Jiu – Jitsu e possuem um bom nível de boxe.

Hoje é o grande dia para carreira de Diego Santos.

O lutador já mora no Rio de Janeiro há dois anos e a tão esperada estreia no MMA profissional será neste sábado dia 24 de fevereiro. A luta será na cidade de Campo Florido – MG, ele enfrenta Edielson Diamantino que já lutou profissionalmente, Diego garante que seu treinamento foi o diferencial para que ele vença a luta de hoje. “Eu treino duro a dois anos, sai da minha zona de conforto para isso, eu atravessei o país em busca do meu sonho que é ser campeão de MMA. Treino na melhor academia do Brasil, quando chegar lá eu vou fazer o meu trabalho e sair vencedor do combate”, afirma o parintinense.

A vida de um atleta profissional é bastante dura, a jornada para chegar até a glória é longa e desgastante, e sem o apoio de patrocínios a caminhada é mais difícil, ciente disso o lutador faz questão de agradecer quem os ajudou “Quero agradecer muito a Prefeitura de Parintins, o Prefeito Frank Bi Garcia me ajudou durante seis meses, também ao Hospital Samel, meu amigo Ronaldo Jacaré e toda a equipe da X-Gym”.

Para finalizar Diego deixa um recado aos parintinenses que sonham com o sucesso no mundo dos esportes “Viver do esporte é difícil, mas não impossível. Em Parintins eu treinava com o mestre Júnior Orelha, foi na academia dele que dei os primeiros passos da minha caminhada, sou muito grato a ele pelos conselhos que me deu, mantenho contato sempre que possível e minha gratidão será eterna”, encerra o lutador.

O sonho começou a ser moldado na academia de Jr Orelha em Parintins.
você pode gostar também