Defensoria Pública recomenda rigidez no isolamento social, em Parintins, sob pena de ação para Lockdow

Foto: Pitter Freitas

Parintins (AM) – A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) expediu recomendação à Prefeitura de Parintins para adoção de diversas medidas mais enérgicas quanto à necessidade de isolamento social. Os defensores públicos Gabriela Gonçalves e Gustavo Cardoso publicaram o instrumento extrajudicial, contra o avanço do novo coronavírus, na manhã desta segunda-feira (04).


As medidas solicitadas pela Defensoria Pública, Polo do Baixo Amazonas, com sede em Parintins, têm o objetivo de acompanhar o enorme crescimento de casos, em Parintins, que se mostra, infelizmente, uma realidade do Estado e do País. Em caso de inércia, diante dos apontamentos no documento, há a possibilidade de ajuizamento de ação coletiva para o estabelecimento de “Lockdown” no município.

De acordo com os defensores públicos autores da recomendação, “a hora é de coragem e de adoção de medidas que acompanhem a gravidade da situação da população. Nós estamos diretamente no município desde o início da pandemia e, por isso, falamos o que vivenciamos diariamente nessa luta. Esse é o nosso compromisso com Parintins: a defesa do isolamento social, a presença e a escuta ativa”.

 

você pode gostar também