Demissão do Jornalista Clayton Pascarelli revolta população amazonense

O Jornalista foi demitido após fazer comentário sobre a gestão do Governador José Melo

Carlos Alexandre | 24horas

[email protected]

Parintins (Am) – Um dos mais respeitados Jornalistas do Norte do Brasil não está mais na bancada do Bom dia Amazônia da TV Amazonas, afiliada da Rede Globo. Clayton Pascarelli foi demitido nesta quarta-feira, 4, um dia após fazer o seguinte comentário: “Esperar o que deste governo?”. A referência sobre a gestão do Governador José Melo (Pros) teria sido o motivo da saída de um dos âncoras do matutino.  

A medida da emissora revoltou a população amazonense que se manifestou em favor do Jornalista. Nas redes sociais as Hastags #SomostodosClayton #SomostodosClaytonPascarelli #Liberdadedeexpressão #Claytonmerepresenta #ClaytonPascarelli disseminaram o espaço virtual. “Você (Clayton) não perdeu nada. Eles que perderam você”, escreveu Gimenes Sophia. O estudante Cayo Vinicius questionou. “Como pode se fazer um Jornalismo sem ter liberdade de expressão? Eu como estudante de Jornalismo sempre admirei o trabalho do Clayton Pascarelli, pois sempre vi nele um jornalista sério e com opinião formada”, escreveu.

“É uma perda LASTIMÁVEL para a Rede Amazônica, Clayton é um dos MELHORES JORNALISTAS do Norte do Brasil. Realmente lamentável, mas DEUS sabe o que faz, novas portas irão se abrir pra este profissional que é EXCELÊNCIA no Jornalismo. A briga vai ser GRANDE para comprarem o seu passe”, comentou Geraldo Filho.

O nome do jornalista na noite desta quarta-feira ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O governador José Melo também foi citado pelos internautas.

Pascarelli desponta como um dos melhores apresentadores de TV do Norte do Brasil.

Clayton Pascarelli    

Clayton Pascarelli é jornalista, especializado em esporte e jornalismo investigativo. Já foi correspondente da Rede Amazônica em Brasília, atuou e produziu grandes reportagens para a TV Globo como a própria investigação de compra de votos na eleição de Melo para o governo do Estado na matéria exibida pelo Jornalista Mauricio Ferraz.  Ele também é membro do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI). Justo, sério, honesto, ético e competente  o jornalista reúne adjetivos que estão cada vez mais raros na profissão. Em sua página nas redes sociais Clayton comunicou sua saída da emissora destacando que foram 11 anos de trajetória na TV de Phelippe Daou. “Comecei como estagiário, virei produtor, fui promovido a repórter, me tornei apresentador. Desenvolvi projetos em prol das pessoas que gostam do meu trabalho. Foi aqui que me firmei como jornalista e construí um nome”, afirmou.

A TV Amazonas e o Governo do Estado do Amazonas não se manifestaram sobre o tema.

Abaixo leia na íntegra a nota de Clayton Pascarelli.

“Amigos, a partir desta quarta, 4 de janeiro de 2017, não faço mais parte do grupo Rede Amazônica. Foram 11 anos de trajetória neste lugar que sempre tive como a minha casa. Comecei como estagiário, virei produtor, fui promovido a repórter, me tornei apresentador. Desenvolvi projetos em prol das pessoas que gostam do meu trabalho. Foi aqui que me firmei como jornalista e construí um nome. Agradeço imensamente a todos os meus superiores, principalmente aos doutores Milton Cordeiro e Phelippe Daou pela isenção, credibilidade e liberdade que me deram. Sem contar o aprendizado destes anos todos. É vida que segue e eu mando notícias! Obrigado aos amigos de todo lugar do Brasil pelas mensagens. Deus sabe o que é melhor para a gente. Abração”

você pode gostar também