Dependente químico com Covid-19, fugitivo do hospital, está isolado para tratamento 

Gilson Almeida | 24 Horas

[email protected]

Parintins (AM) – Um paciente, infectado por coronavírus, fugiu do Hospital Jofre Cohen e permaneceu por mais de 24 horas, em via pública, desde a tarde de segunda-feira (06). A fuga se deu quando o caso estava sob investigação e a Polícia Militar o recapturou para o conduzir ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Adolpho Lourido, na noite de terça-feira (07).

Por ser dependente químico, o paciente, internado no hospital, teve crise de abstinência, reagiu agressivamente contra a equipe médica e conseguiu escapar. O resultado do exame feito pelo Laboratório Central do Amazonas (Lacen), em Manaus, diagnosticou o parintinense com Covid-19, ainda na terça-feira. Ele é morador da Rua Urucará, Bairro Nossa Senhora de Nazaré.

O paciente com coronavírus colocou em risco a vida das pessoas com quem teve contato, ao longo de mais de um dia pelas ruas . O dependente químico foi visto de carona com um mototaxista, sentou na calçada de uma padaria, na Rua Maués, para consumir pães distribuídos gratuitamente, e, com febre, ingeriu bebida alcoólica, na companhia de um amigo, na Rua Urucará.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, afirma que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Vigilância em Saúde monitoraram todos os locais por onde passou o paciente com Covid-19. Para eliminar os possíveis focos de contaminação do novo coronavírus, as ruas foram lavadas, com uso de solução de água com hipoclorito de sódio nesta quarta-feira (08).

Bi Garcia informa que o paciente encontra-se internado e isolado, para o tratamento de coronavírus. A viatura da Polícia Militar utilizada para reconduzir o indivíduo ao hospital recebeu serviço de higienização. O presidente da Cooperativa dos Mototaxistas de Parintins (Coopmoto), Babá Tupinambá, fez a identificação do condutor da motocicleta para comunicar a Semsa.

você pode gostar também