Descumprimento de quarentena, em Parintins, pode gerar medidas judiciais    

O uso da força policial tem sido usado para conscientizar quem descumpre a quarentena, a fim de evitar a proliferação do novo coronavírus, em Parintins. Essa ação extrema faz parte do trabalho de fiscalização executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com o apoio da Polícia Militar.


A Prefeitura de Parintins já identificou violação do isolamento social obrigatório por parte de pessoas que tiveram contato com pacientes infectados por Covid-19 ou estavam em área de circulação da doença. A ação restritiva é uma das frentes de atuação do Comitê Municipal de Combate ao Coronavírus.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Elaine Pires informa que, a princípio, é realizado um diálogo educativo e de conscientização. Ela lamenta que em alguns casos a Polícia Militar tenha que ser acionada para a lei ser cumprida. “É uma medida extrema, mas que estamos tomando para resguardar a saúde de Parintins”, ressalta.

O secretário de saúde, Clerton Rodrigues, diz que a população ajuda na fiscalização, via denúncias. “Há momentos em que a saúde pública fica em risco, e medidas mais duras são necessárias. Lembramos que pessoas que descumprem a quarentena podem sofrer medidas judiciais previstas”, avisa.

você pode gostar também