Detran-AM intensifica fiscalização na AM-010 durante feriado e Fecani

O feriado prologado tem início no dia 5 e se estende até o dia 7 de setembro, porém as fiscalizações de trânsito que serão intensificadas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) na AM-010 terão início já nesta quarta-feira (04/09), por conta da abertura do 34º Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani), que acontece de 4 a 7 de setembro no município, localizado a 176 km de Manaus.

Os agentes do Núcleo Especializado de Operações de Trânsito (Neot) estarão presentes em pontos estratégicos da rodovia estadual AM-010 para informar os condutores sobre boas práticas e fiscalizar o cumprimento da legislação para inibir e coibir a prática de infrações e crimes de trânsito.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, uma equipe de aproximadamente 15 agentes de fiscalização, além de policiais militares do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BapTran) foi mobilizada com objetivo de proporcionar à população do município e aos visitantes um evento tranquilo. O diretor esclareceu que os agentes irão atuar em trechos estratégicos da rodovia AM-010 e na área urbana.

*Fiscalização Manaus -* As ações de fiscalizações também serão intensificadas, principalmente as blitze da Lei Seca em todas as zonas de Manaus e nos municípios da Região Metropolitana. Cerca de 30 agentes do Neot irão trabalhar durante o feriado para garantir a segurança no trânsito.

De acordo com Rodrigo de Sá, durante o feriado prolongado as blitze terão como foco a alcoolemia e outras infrações, com objetivo de prevenir ainda mais o número de acidentes. As atuações acontecerão em horários distintos, com equipes preparadas e com o apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BapTran).

A estratégia do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) será descentralizar suas equipes, fazendo com que seu raio de cobertura alcance áreas cada vez maiores. As principais avenidas e ruas da cidade receberão as equipes do Órgão e será montada uma estrutura nas vias paralelas nas quais deságua o trânsito e que podem ser tornar potenciais rotas de fuga para os infratores. Assim, a fiscalização se dinamiza, afastando-se do modelo tradicional da blitz estática e dessa forma detectando áreas onde ocorrem comportamentos como disputas de racha, ingestão de álcool, entre outros.

Durante as fiscalizações serão observados comportamentos de riscos, como a falta de atenção do condutor, a exemplo do uso do celular e o não uso do cinto de segurança. Também será verificada a regularidade da documentação do veículo e condutores, com o objetivo de inibir fraudes e roubos e ainda a execução do teste do bafômetro.

você pode gostar também