Dezesseis profissionais de saúde chegam ao Amazonas para atuar no combate à Covid-19

O Governo do Amazonas recebeu 16 profissionais voluntários enviados pelo Ministério da Saúde através do programa Brasil Conta Comigo, do Governo Federal, na tarde desta quinta-feira (16). Ao todo, são cinco médicos e 11 enfermeiros que irão atuar no combate ao Covid-19 dentro da rede hospitalar do Amazonas, mais especificamente no Hospital Delphina Aziz, referência para o tratamento da doença no estado, e que inaugurou mais 25 leitos de UTI nesta semana, totalizando 100 leitos prontos para receber pacientes de outras unidades de saúde.

O grupo chegou de Brasília, onde recebeu um treinamento com foco em noções de proteção profissional, para evitar a contaminação pelo vírus durante o atendimento aos pacientes. Ainda nesta quinta-feira, toda a equipe de médicos e enfermeiros passou pelo processo de testagem rápida na Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no Centro de Triagem coordenado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

Durante a recepção dos profissionais, a secretária da Susam, Simone Papaiz, falou sobre a atuação deles na rede de saúde do Amazonas.

Secretária de saúde, Simone Papaiz, recepcionou grupo enviado pelo Governo Federal.

“A vinda desses profissionais vai fazer com que a gente tenha uma capacidade operacional a mais. Com esse número de profissionais a gente consegue aumentar o maior número de leitos para que a gente tenha unidade de referência, e desafogue as unidades que estão com pacientes Covid-19 de média e alta complexidade. Então, a vinda desse número de recursos humanos para cá, através do Ministério da Saúde, é um apoio ao Governo do Estado do Amazonas, e faz com que a gente tenha um respiro, uma capacidade profissional maior”, afirmou a secretária.

O Amazonas foi o primeiro estado a receber o envio de profissionais que o Ministério da Saúde encaminha para auxiliar os estados e os municípios nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

Segundo a representante do Ministério da Saúde em Manaus, Leda Sobral, os voluntários serão orientados a trabalhar junto aos profissionais de saúde que já atuam no Hospital Delphina Aziz.

“São 11 enfermeiros e cinco médicos dos quais temos intensivistas, temos médicos urgencistas, enfermeiros também, temos colegas da atenção básica e a ideia do Ministério da Saúde é fornecer o apoio nesse momento dentro dessa necessidade que o Estado se encontra, para que a gente consiga realmente prestar uma assistência à população que já vem sofrendo com o Covid-19”, disse a representante.

Fotos: Marcio Azevedo / Secom

você pode gostar também