Dieocesse de Parintins mantém suspensas as celebrações religiosas

Foto: Reprodução.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – Seguindo as recomendações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da Arquidiocese de Manaus, a Diocese de Parintins decidiu manter suspensas as celebrações religiosas em todas as igrejas católicas durante a pandemia do novo coronavírus.

O bispo de Parintins, Dom Giuliano Frigeni, apoia as recomendações de manter as igrejas fechadas para diminuir a proliferação do novo coronavírus da Covid-19 na cidade, mesmo com a Assembleia Legislativa do Amazonas aprovando o Projeto de Lei nº 136/2020 que torna as igrejas e os templos de qualquer culto atividade essencial, permitidindo assim sua abertura durante a pandemia.

“Nós queremos ajudar a defender a vida com toda prudência, com toda inteligência que Deus nos deu. Estamos vendo como nas famílias entra rapidamente esse vírus. Ainda é muito cedo abrir as nossas igrejas”, disse o bispo em vídeo publicado nas redes sociais.

O PL passou para a sanção do Governo do Estado.

você pode gostar também