Documento vazado por Snowden pode provar atuação de hackers para promover Trump

Uma série de dúvidas sobre a legitimidade do processo eleitoral americano surgiu depois de um relatório da CIA vazar na internet, indicando que o empresário Donald Trump recebeu ajuda de hackers russos durante a disputa contra Hillary Clinton.

De acordo com o site Olhar Digital, os hackers teriam conseguido acesso aos computadores dos dois partidos, mas divulgaram apenas documentos confidenciais ligados ao de Hillary no WikiLeaks, “protegendo” Trump.
Agora, um novo documento divulgado no The Intercept mostra que a Agência Nacional de Segurança (NSA), o principal departamento do país acusado pelo ex-agente, Edward Snowden, de espionagem, seria capaz de identificar os autores do ataque.
Uma investigação semelhante foi utilizada no caso do assassinato da jornalista russa Anna Politkovskaya, em 2006. A repórter foi morta com cinco tiros quando apurava o abuso de poder das autoridades russas durante a Segunda Guerra Mundial.
Do Portal Imprensa
você pode gostar também