-Publi-A-

Dodó Caravalho comemora ‘Boi de Rua’ como patrimônio cultural do Estado

O “Boi de Rua” agora é lei! Assim podem bater no peito com orgulho, os torcedores azulados. O Projeto de Lei n°219/2017, do Deputado Estadual Josué Neto (PSD), foi aprovado com louvor na Assembléia Legislativa do Estado (Aleam) na última terça-feira (29).

Assim como a ‘Alvorada’ do Garantido, o evento ‘Boi de Rua’ passa a ser propriedade cultural do Amazonas. Para o ex-presidente do Caprichoso, Dodó Carvalho, a lei tem sabor de justo reconhecimento. “O ‘Boi de Rua’ é um resgate da essência da brincadeira centenária, que como todos sabem, nasceu nos terreiros e ruas de Parintins”, destacou Dodó. Para o ex-dirigente, ganha o Caprichoso, mas, ganha muito mais Parintins. “É mais uma data que vem para somar no calendário turístico e econômica da ilha Tupinanbarana”, aponta.
Pai e padrinho
Segundo Dodó Carvalho, a idéia de resgatar o ‘Boi de Rua’ nasceu da mente privilegiada de um dos mais icônicos torcedores do Caprichoso. João do Carmo ‘Careca’, foi o responsável junto com Dodó Carvalho, pela criação ou recriação do ‘Boi de Rua’.
“Era o inicio dos anos 2000, e o Careca queria muito resgatar a tradição deixada de lado, que eram as saídas do Caprichoso pelas ruas de Parintins”, recorda Dodó.
Dodó Carvalho e João do Carmo ‘Careca’
“Como amigo do Careca e presidente à época, abracei a ideia e juntos botamos os torcedores para andar pelas ruas da cidade atrás da nossa grande paixão, que é o Caprichoso”, relembrou. Para a versão 2018 do ‘Boi de Rua’, Dodó pretende voluntariamente, prestar uma homenagem ao João do Carmo Careca. “Vamos fazer uma singela homenagem ao Careca, que do céu azul, está torcendo por todos nós”, finalizou Dodó Carvalho.
você pode gostar também