Duas pessoas morrem afogadas na Lagoa da Francesa

Duas pessoas morreram afogadas no fim da tarde desta quinta-feira, 02, na Lagoa da Francesa, em Parintins-AM, após caírem n’agua na orla do porto da rua Joaquim Freitas Vieira, bairro Santa Rita de Cássia. A primeira vítima foi o estudante Carlos Eduardo Barbosa Oliveira, 12 anos, e a outra o agricultor Humberto Leal, 52 anos.

Primeira vítima

De acordo com testemunhas Carlos Eduardo estava brincando de “pular n’agua” com alguns amigos, por volta de 16h40, quando em um dos mergulhos se afogou e só foi encontrado cerca de 40 minutos depois após buscas de moradores do bairro. Ele estudava na Escola Municipal Claudemir Carvalho, e residia no bairro Santa Rita de Cássia.

O jovem Jocifran Souza da Silva, participou das buscas pelo corpo do menino. “Os garotinhos que estavam brincando com ele vieram avisar que ele tinha desaparecido no rio. Começamos imediatamente a mergulhar em busca do corpo, até que meu cunhado pisou em cima do garoto. O menino estava empressado num pau, com o rosto batido, acho que deu de cabeça no fundo do rio”, relata Jocifran.

Segundo o exame de necropsia, a vítima já havia sofrido ataques de peixes na região do lábio inferior esquerdo e região nasal esquerda.

Segundo vítima

O agricultor Humberto Leal, que morava na comunidade do Máximo, Região da Gleba Vila Amazônia, zona rural de Parintins, veio a cidade para participar do enterro de um conhecido.

De acordo com a prima dele, Peta Barbosa, 47, Humberto se afogou por volta de 17h30 quando a canoa virou com ele no momento que ele foi puxar a corda do motor rabeta (para ligar). O cidadão ia retornar para a comunidade. O corpo foi encontrado no início da noite de hoje por bombeiros militares que realizaram buscas no local.

O corpo do agricultor e o da criança foram conduzidos para o Instituto Médico Legal (IML), onde o legista Jorge de Paula Gonçalves realizou o exame de necropsia das vítimas. O enterro de Carlos Eduardo será realizado na manhã desta sexta-feira, 03, e o de Humberto ainda não foi informado.

Por Equipe Gazeta Parintins

você pode gostar também