Dupla é presa dentro da igreja por lesão corporal em escola contra menor de 15 anos 

Parintins (AM) – Uma ocorrência de agressão física ocorrido na Escola Estadual Dom Gino Malvestio, bairro Paulo Corrêa, resultou na prisão de Geovane Simões da Silva, 21 anos, e Jonathas Ferreira da Silva, 30 anos, suspeitos de lesão corporal, na noite de sexta-feira, 12 de abril. Policiais militares prenderam os acusados, dentro da Igreja Universal do Reino de Deus, próxima da escola.
Acionada via Central de Operações do 11° Batalhão da Polícia Militar do Amazonas, a PM apurou o caso de lesão corporal, após chegar ao local do crime para ouvir a vítima, uma estudante de 15 anos, e testemunhas. Os policiais militares foram informados de que Geovane e Jonathas teriam agredido fisicamente uma estudante, menor de 15 anos, dentro da escola.
Policiamento motorizado seguiu pistas de acordo com as características dos acusados e conseguiu localizar os indivíduos ainda nas proximidades da Escola Dom Gino Malvestio, dentro da Igreja Universal do Reino de Deus. Os policiais militares deram voz de prisão para Geovane e Jonathas no interior da igreja, com uma garrafa com substância química, supostamente cola de sapateiro.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here