EDUCAÇÃO INDÍGENA | Governo de Roraima reúne gestores e lideranças indígenas e apresenta projetos de reformas em prédios escolares

O Governo de Roraima tem dado atenção especial para a educação indígena e a melhoria dos prédios escolares está entre as prioridades da atual gestão, como parte integrante do maior Programa de Recuperação dos Prédios Públicos do Estado.

“Estamos fazendo um grande investimento para recuperar os prédios públicos e as escolas indígenas, que passaram anos esquecidas, também estão incluídas nesse projeto. As escolas serão reformadas e receberão novos mobiliários, ações que com certeza vão refletir na melhoria do aprendizado dos estudantes”, disse o governador Antonio Denarium.

Serão realizadas pelo Executivo Estadual obras de reforma e ampliação em 52 unidades de ensino indígenas com recursos de emendas parlamentares da deputada Federal Joênia Wapichana na ordem de R$ R$ 19.514.018,00. Os processos serão executados por meio do PAR (Plano de Ações Articuladas).

Na manhã desta quarta-feira, 7, estiveram reunidos no auditório da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), gestores escolares, diretores de centros regionais, lideranças indígenas e representante da Opirr (Organização dos Professores Indígenas de Roraima).

O objetivo foi apresentar os projetos arquitetônicos referente às obras das primeiras 23 escolas indígenas contempladas com as obras. A apresentação foi feita por servidores da Seinf (Secretaria de Infraestrutura). Os gestores e lideranças indígenas após tomarem conhecimento e tirar algumas dúvidas, aprovaram os projetos.

Divo Marcolino, gestor da Escola Estadual Indígena Antônio Dias de Souza Cruz, localizada na comunidade Pium (Alto Alegre), disse que o encontro foi importante para a agilidade dos processos e destacou a atuação do governador Antonio Denarium na educação indígena.

“O governador Denarium é um parceiro que hoje está fazendo a diferença dentro das comunidades indígenas de Roraima e a gente agradece muito”, disse Divo.

Próximos passos para a execução das obras

Como os processos de reformas, construção e ampliação das escolas correm via PAR, são exigidos procedimentos técnicos que devem ser executados no Simec (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle).

Para dar andamento aos processos, a Seed deverá encaminhar documento para a Funai (Fundação Nacional do Índio), para que o órgão possa emitir o documento de ocupação da área.

As obras também precisam ser aprovadas pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Depois disso, é emitido o Termo de Compromisso e na sequência, pode ser realizada a licitação para a execução da obra.

“Sabemos que esses processos demoram, mas hoje estamos vendo avanço, com a Secretaria de Educação, gestores e lideranças empenhados nesse trabalho, estamos vendo resultado. Aqui tudo foi muito bem esclarecido”, enfatizou Márcio Cleiton da Silva, Tuxaua da Comunidade Pium.

A secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, reforçou que a atual gestão vem trabalhando com muita seriedade e compromisso para realmente transformar a educação de Roraima.

“Atuamos com responsabilidade e muita transparência, em especial com a aplicação dos recursos públicos. A consequência disso é a confiança da bancada federal que vem destinando recursos para execução de projetos elaborados pelo Governo do Estado”, pontuou Leila Perussolo.

 

Conheça as Escolas que serão contempladas nesta primeira etapa

Escola Estadual Indígena Comunidade Município
01 Antonio Dias de Souza Cruz Pium Alto Alegre
02 Marechal Candido Rondon Boqueirão Alto Alegre
03 Riachuelo Sucuba Alto Alegre
04 Machado de Assis Anta I Alto Alegre
05 Presidente Getúlio Vargas Livramento Alto Alegre
06 Santa Rita Cumaru Bonfim
07 Tuxaua Artenio Wapun Bonfim
08 Vovô Ricardo Ambrósio Água Boa Bonfim
09 Nossa Senhora da Consolata Manauá Bonfim
10 Olegário Mariano Pium Bonfim
11 Arnaldo Ambrósio São Domingos Bonfim
12 Tuxaua Otávio Manduca Jacamim Bonfim
13 Prof. Edimilson Coelho de Aguiar Garagem Amajari
14 Romel Crispim Cajueiro Amajari
15 José Aleixo Angelo Truaru da Serra Boa Vista
16 Rosa Nascimento Truaru da Cabeceira Boa Vista
17 Índio Dionísio Figueredo Milho Boa Vista
18 Adolfo Ramiro Levi Serra da Moça Boa Vista
19 Paulo Augusto da Silva Darora Boa Vista
20 Sizenando Diniz Malacacheta Cantá
21 Edinilson Lima Cavalcante Tabalascada Cantá
22 Alcides Solon Barro Vermelho Cantá
23 Antonio Domingos Malaquias Lage Cantá
você pode gostar também