-Publi-A-

“Ele ia atirar na gente, mas a arma falhou”: policial conta história de mais um assalto a ônibus em Manaus

Os suspeitos se esconderam em um ferro velho após o arrastão no 452 – Daniel Landazuri

Mais um assalto a ônibus foi registrado em Manaus. Dessa vez, 49 passageiros da linha 452, Flores-Centro, foram vítimas de quatro jovens que entraram armados no coletivo. Crime aconteceu por volta das 22h desta quinta-feira, na rua Tailândia, conjunto Parte das Nações, Zona Centro-Oeste. Os suspeitos, Igor Sá, Adriane Andrade, Felipe Bentes e um adolescente, tinham entre 17 e 20 anos e foram presos pela polícia.

Após o assalto, os quatro fugiram e ainda atiraram contra dois motoqueiros que tentaram detê-los. Ninguém ficou ferido.

Policiais da 12ª Cicom foram acionados e conseguiram encontrar dois dos suspeitos tentando fugir. “Eles estavam em uma rua sem saída com alguns pertences da vítimas. Durante a abordagem, entregaram outros dois suspeitos, que estavam escondidos em um ferro velho”, informou o tenente que participou da ação e pediu para não ter o nome divulgado.

O policial informou também que Felipe estava armado e tentou atirar contra os policia. A arma falhou no momento que o suspeito tentou disparar.

Os pertences das vítimas foram recuperados e devolvidos – Divulgação

“Encontramos a mulher escondida e depois o Felipe, que estava na carroceria de uma caminhonete. Ele apontou a arma em nossa direção, mas o disparo falhou”, disse.

Mochilas, documentos, joias e R$ 145 em espécie, além de oito celulares, foram recuperados e entregues aos proprietários.  Uma arma caseira, calibre 28, e uma faca, foram apreendidos.

Adriane, Igor e Felipe foram presos e encaminhados ao 12º DIP. Já o adolescente, foi levado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Por Daniel Landazuri |EM TEMPO

você pode gostar também