Elke Maravilha morre aos 71 anos

A morte de Elke Maravilha comoveu as redes sociais na madrugada desta terça-feira (16). Aos 71 anos, a atriz sofreu falência múltipla de órgãos depois de ficar internada por quase um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, após uma cirurgia para tratar uma úlcera.

Nas redes sociais, os famosos prestaram homenagem para ex-jurada do Chacrinha e Silvio Santos. Em seu Instagram, Preta Gil relembrou como conheceu Elke em uma postagem emocionante.

“Nunca me esquecerei a primeira vez que vi essa luz em forma de gente! Tinha 8 anos e já era fã dela no Chacrinha, quando ela entrou a sala da nossa casa eu corri para o colo dela e de lá não queria mais sair. Uma voz doce e mansa, uma beleza de doer os olhos, uma mulher à frente de todos os tempos, uma revolução estética e afetiva ambulante! Musa inspiradora de todas as pessoas que buscam o respeito e amor ao próximo! Elke Maravilha, o céu hoje ficou mais colorido mais feliz com a sua chegada”, escreveu.

Aos 71 anos, Elke Maravilha faleceu na madrugada desta terça-feira (16). A atriz estava internada há um mês Casa de Saúde Pinheiro Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, após uma cirurgia para tratar uma úlcera.

O irmão da artista, Frederico Grunnupp, revelou que ela teve falência múltipla de órgãos. “Depois da cirurgia para tratar uma úlcera e como ela tinha diabetes, acabou não respondendo à medicação. Ela morreu antes de 1h”, explicou ao “Ego”.

No Facebook, o representante da famosa confirmou o óbito. “Avisamos que nossa Elke já não está por aqui conosco. Como ela mesma dizia, foi brincar de outra coisa. Que todos os deuses que ela tanto amava estejam com ela nessa viagem. Eros anikate mahan (‘O amor é invencível nas batalhas’, em tradução livre).”

A família ainda não deu maiores detalhes a respeito do velório e sepultamento. “Tenho que avisar muitas pessoas. Ainda não tenho data e nem local de nada”, afirmou Frederico.

Nascida na Rússia, a modelo Elke Georgievna Grunnupp ficou conhecida por participar como jurada de programas de calouros de Chacrinha e Silvio Santos na década de 70. Atualmente, ela rodava o país com o espetáculo “Elke canta e conta”, que retratava detalhes de sua história e carreira.

Do Famosidades

você pode gostar também