Em alerta, Barreirinha está preparado para agir contra Covid-19, anuncia prefeito

Barreirinha (AM) – Medidas preventivas e cautelares já são executadas pela Prefeitura de Barreirinha, para evitar uma eventual ocorrência da doença respiratória Covid-19, no município. As primeiras ações de combate ao Novo Coronavírus foram anunciadas pelo prefeito, Glenio Seixas, em coletiva de imprensa, com gestores da saúde, educação e vereadores, na quarta-feira (18/03).

A partir da publicação do Decreto de Emergência na Saúde Pública Municipal, o prefeito estabeleceu, no prazo de 15 dias, o fechamento das escolas, com suspensão das aulas; cancelamento de eventos públicos ou esportivos; suspensão de férias dos servidores da saúde, nos quais funcionários, acima de 60 anos de idade, possam trabalhar em casa. Tudo isso, para evitar aglomerações.

Para Glenio Seixas, é importante a população ficar em alerta para os cuidados com a saúde. Conforme o coordenador de Vigilância em Saúde, Leopoldo Tavares, as fiscalizações atingem locais de aglomeração, como é o caso de embarcações vindas de Manaus. “Temos equipes capacitadas nos 15 distritos da zona rural, onde os barcos deixam passageiros, para averiguar se alguma pessoa tem sintomas”, declarou.

Outra providência tomada é a fiscalização de hotéis e pousadas, com orientação aos proprietários, para ficarem atentos com pessoas oriundas de outras cidades ou que tenham viajado para outros países. Segundo Leopodo Tavares, está em fase final, a elaboração do Plano Municipal de Contingência, juntamente com a Secretaria de Saúde, Coordenadoria da Atenção Básica e Vigilância em Saúde.

Na coletiva de imprensa, o secretário de saúde, Péricles Tavares, enfatizou que a Prefeitura de Barreirinha trabalha com seriedade, para monitorar, se surgir algum caso suspeito no município. “A Secretaria de Saúde adotou todas as medidas, para ter o suporte. Caso houver alguma ocorrência, em Barreirinha, estaremos preparados para tomar todas as providências”, anunciou.

Barreirinha não registra nenhum caso de infecção por Covid-19. No entanto, a Vigilância Sanitária monitorou uma pessoa que veio da Ásia, recentemente, e ao chegar no Amazonas, apresentou alguns sintomas, como quadro febril. As equipes médicas foram imediatamente acionadas. A Secretaria de Saúde descartou a suspeita, nesta quinta-feira (19/03).

você pode gostar também