Em Barreirinha, Dia Internacional da Mulher é marcado por protesto

Barreirinha (AM) – Em Barreirinha o Dia Internacional da Mulher foi marcado por passeata com pedido de justiça e respeito ao gênero.

Com palavras de ordem, cartazes e buzinasso, dezenas de mulheres foram as ruas de Barreirinha no Internacional da Mulher, 08 de março, pedir respeito e justiça. O ato iniciou por volta das 17h em frente ao palco alternativo, localizado na orla da cidade, seguindo pelas ruas Militão Dutra, Laureano Tavares, Rodovoa Bh1 Nilo Pereira e travessa Pindorama.

A manifestação terminou em frente à delegacia onde as mulheres pediram justiça pela suspeita de feminícidio da senhora Jucicleide Bezerra, 30, mãe de 4 filhos, que está desaparecida desde a última quarta-feira, após um passeio de voadeira com seu ex-companheiro, que de acordo com seus familiares, não aceitava a separação.

O ato foi convocado por um grupo de muheres do whatsap como um meio de protestar contra qualquer tipo de violência ao gênero. E com a suspeita de feminícidio ocorrido na cidade, isso motivou ainda mais as mulheres a irem às ruas.

Uma das idealizadoras do ato, Silviane Ferreira, disse que o ato não foi só um dia de comemoração, mas um dia de luta, assim como todos os outros. “Queremos ser respeitadas, queremos ser ouvidas e atendidas, não somos propriedades de ninguém, se estivermos unidas jamais seremos vencidas”, protestou Silviane.

Por: Jair Carneiro
Fotos: Divulgação

você pode gostar também