-Publi-A-

Em entrevista, Arnaldo Duran revela como reagiu ao diagnóstico de doença sem cura

Em entrevista ao apresentador Gugu Liberato, o jornalista Arnaldo Duran revelou que sofreu bastante ao saber que é portador da síndrome de Machado-Joseph, doença que, segundo ele, é degenerativa, sem cura e fatal.

“Tive dificuldade para falar para as crianças, porque é uma doença hereditária… Eu tive dificuldade para falar com eles, tive a dificuldade inicial de aceitar! Porque eu tive medo, Gugu! Muito, muito medo. Eu passei uma noite em casa no Rio, sentado no sofá, chorando e chorando, e com medo. Tinha medo do futuro. Como vai ser?”, contou.
Segundo o UOL, durante a entrevista, que vai ao ar na próxima quarta-feira (3/7), o jornalista, que atualmente integra a equipe de jornalismo da Record, relata também o que faz para superar a doença e explica porque decidiu compartilhar o diagnóstico por meio de um vídeo no Facebook.
Na gravação, Duran disse que soube da doença em fevereiro do ano passado. De acordo com ele, a doença, conhecida também como ataxia cerebelar, gera uma disfunção dos neurônios do cerebelo, parte do cérebro que é responsável pelo equilibro do corpo, coordenação motora, deglutição, capacidade de falar e até de respirar.
Do Portal Imprensa
você pode gostar também