-Publi-A-

Em greve, professores do AM apresentam contraproposta e pedem reajuste de 27,5%

Professores se reuniram em assembleia na tarde desta quinta-feira (4) (Foto: Larissa Santiago/Rede Amazônica)

Os professores do Amazonas não aceitaram a proposta de reajuste salarial de 15,5% do Governo do Amazonas. Em assembleia nesta quinta-feira (5), os educadores rebateram e afirmaram que vão fazer uma contraproposta de 27,5%.

Segundo os professores, o reajuste pode ser concedido de forma escalonada, mas o parcelamento deve ser finalizado neste ano. Com isso, a categoria continua em greve. Durante a assembleia, realizada na Arena Amadeu Teixeira, houve bate-boca entre os professores até que a nova proposta fosse decidida.

A Rede Amazônica entrou em contato com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que disse não ter recebido nada oficial por parte do sindicato e que espera por isso pra se posicionar.

A greve foi deflagrada no dia 22 de março e segue por tempo indeterminado. Por conta da paralisação, as aulas nas escolas estaduais estão suspensas.

(*colaborou Larissa Santiago, da Rede Amazônica)

você pode gostar também