Em Parintins, Amazônia debate crise da democracia em Congresso de Comunicação

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Campus Parintins, e o curso de Comunicação Social/Jornalismo da instituição vão se tornar o centro das atenções sobre os principais temas relacionados aos debates comunicacionais da atualidade. Quase 600 congressistas de Instituições de Ensino Superior do Acre, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e do Amazonas estão inscritos no Intercom Norte 2019, em Parintins, de 24 a 26 de junho.

Nesse período, o Campus da Ufam Parintins é sede do XVIII Congresso de Ciências da Comunicação da Região Norte. A uma semana do 54º Festival Folclórico de Parintins, o evento mais importante de comunicação do Norte do Brasil tem uma extensa programação, na qual trabalhos acadêmico-científicos de estudantes e pesquisadores da Amazônia abordam o tema central “Fluxos Comunicacionais e Crise da Democracia”.

Financiado pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), com o apoio da Ufam, o Congresso de Ciências da Comunicação é um importante espaço de troca de experiências profissionais, palestras, apresentações de trabalhos, produtos acadêmicos de diversos estudantes e pesquisadores das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, cinema, relações públicas, comunicação visual e organizacional de toda a Amazônia.

A organização do Intercom Norte 2019 conta com a colaboração de aproximadamente 50 voluntários, entre professores, técnicos e acadêmicos de Jornalismo da Ufam Parintins. Um dos coordenadores gerais do Congresso, o professor Lucas Milhomens, acredita que o evento será um momento importante para a universidade, estudantes e alunos egressos. “A realização do Intercom Norte em Parintins é um marco em nossas atividades acadêmico-científicas. Estamos no interior do Estado, onde o acesso é mais difícil, somente por via fluvial ou aérea”, explica.

Para o também coordenador-geral do evento em Parintins, professor Carlos Monteiro, o número de inscritos superou todas as expectativas dos organizadores. “Já definimos o transporte que vai levar e buscar todo esse contingente de alunos e professores dos hotéis até o Campus da Ufam. Trabalhamos arduamente para que todo o planejamento ocorra da melhor maneira possível, desde a cerimônia de abertura até a entrega dos prêmios”, pondera.

Para os organizadores do evento, a realização às vésperas do festival de Parintins possibilitou a construção de uma agenda cultural durante o Congresso, repleta de atividades dos bumbás Caprichoso e Garantido. Além de performances teatrais, apresentações, shows de cantores e grupos locais, inclusive a participação de alunos previstos para o Intercom, haverá uma vasta programação cultural noturna em Parintins, a partir do dia de São João, 24 de junho.

você pode gostar também