Em Pauini, PC prende professor por crime de estupro de vulnerável

Foto: Divulgação/PC-AM.

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Pauini (distante 923 quilômetros da em linha reta da capital), prendeu nesta quarta-feira (07/07), por volta das 11h, um professor, de 53 anos, pela prática de estupro de vulnerável cometido contra a própria sobrinha, uma menina de 12 anos. A prisão ocorreu na comunidade Maquiri, zona rural daquele município.

De acordo com o escrivão André Chaparro, gestor interino da unidade policial, os abusos ocorriam desde março deste ano. O homem, por ser tio da vítima, tinha acesso à residência da família e aproveitava que a mãe da adolescente não estava no local para cometer o crime.

“Como resultado desses abusos, a vítima acabou engravidando e ao contar para a mãe sobre a gravidez, a responsável fez a denúncia na DIP. Outras duas adolescentes, uma de 12 e outra de 13 anos, também denunciaram o professor pelo mesmo crime”, contou a autoridade policial.

Diante dos fatos, foi solicitado mandado de prisão preventiva do homem, que acabou sendo expedido em 16 de junho deste ano, pelo juiz Emmanuel Ormond de Souza, da Vara Única da Comarca de Pauini.

Procedimento
O professor irá responder pelo crime de estupro de vulnerável e ao término dos trâmites cabíveis, ficará custodiado na carceragem da unidade policial à disposição da Justiça.

você pode gostar também