-Publi-A-

Em protesto, Brie Larson não aplaude Casey Affleck

O Oscar de melhor ator, vencido por Casey Affleck, de “Manchester à Beira-Mar”, está chamando a atenção dos usuários das redes sociais. O motivo é um silencioso protesto feito por Brie Larson, atriz encarregada de apresentar a estatueta.

Na hora em que Affleck foi chamado ao palco para receber a estatueta, Larson não o aplaudiu. Depois, em silêncio ela saiu para os bastidores.

Para usuários das redes sociais e fãs da atriz, o motivo é Affleck ter sido acusado, em 2010, por duas mulheres da equipe do filme “Eu Ainda Estou Aqui”, (a diretora de fotografia Magdalena Gorka e a produtora Amanda White) de má conduta sexual.

O processo nunca chegou aos tribunais. Um acordo encerrou a briga e uma cláusula de confidencialidade foi adicionada. Na época, Affleck negou as acusações. Desde então, não fala sobre o assunto.

Ver imagem no Twitter

Larson, que venceu o Oscar em 2016 por “O Quarto de Jack” -cuja personagem é vítima justamente de estupro-, é conhecida por apoiar vítimas de assédio sexual.Essa não foi a primeira vez que Larson precisou entregar um prêmio a Affleck. No Globo de Ouro, a cena já havia se repetido e sem cumprimentos por parte da atriz.

Nesse tipo de cerimônia é comum que os vencedores do ano anterior premiem os novos ganhadores, mas de forma invertida. A melhor atriz da última edição do Oscar anuncia quem foi o melhor ator deste ano, enquanto o melhor ator do ano passado condecora a nova melhor atriz.

Com informações da Folhapress.

você pode gostar também