Empresário Parintinense Otávio Almeida é preso em Manaus por aplicar golpes

O empresário Otávio Almeida Costa, 43, foi preso nesta quinta-feira, 18/7, por suspeita de aplicar golpes em outros empreendedores usando documentos falsos de licitações. O homem foi detido em um condomínio de luxo, no Tarumã, na zona Oeste de Manaus. De acordo com o delegado adjunto da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Demetrius Queiroz, em apenas um dos crimes, o suspeito causou prejuízo em torno de R$ 1,5 milhão a um empresário de 57 anos.

 
Conforme Demetrius, Otávio foi preso durante a operação ‘Conde Otávio’. A prisão ocorreu em cumprimento a um mandado preventivo. O delegado explicou que o empresário estava sendo investigado por aplicar golpes na cidade, apresentando às vítimas vários documentos de licitações, alegando que precisaria de dinheiro dessas pessoas para entregar serviços de obras e, então, receber valores milionários, em que as vítimas teriam participação.
 
O delegado destacou que uma vítima, um empresário de 57 anos, relatou ter tido prejuízo em torno de R$ 1,5 milhão em empréstimos feitos ao infrator. Entretanto, nunca houve contrato ou qualquer tipo de serviço prestado.
 
De acordo com o site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Otávio já respondia desde 2017 a outro processo por estelionato. Consta nos documentos que ele recebeu de um grupo de amigos R$ 62 mil referente a um adiantamento por uma parceria firmada para prestação de serviços para uma empresa de energia.
 
Durante investigações das próprias vítimas, elas descobriram que não existia contrato nenhum entre a empresa que Otávio dizia ser dele. De acordo com o delegado Demetrius, o suspeito além de indiciado pelo crime de estelionato, também responderá por falsificação de documento público.
 
Durante Investigações, a polícia identificou que Otávio, que é natural de Parintins, mantinha uma vida de luxo. Em um dos vídeos divulgados pela DERFD, o homem aparece em uma roda de samba e chega a afirmar a pretensão de concorrer as eleições de 2020 para prefeitura da cidade onde nasceu.
Com informações da folha de Parintins
você pode gostar também