Enchente do rio Amazonas deixa Parintins em estado de alerta

Foto: Frank Cunha/G1 AM.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

A enchente do rio Amazonas deixou Parintins em estado de alerta, de acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, Adriano Aguiar. Adriano assegura que o órgão está monitorando a subida do rio pela régua pluviométrica em que nesta quarta-feira (24) atingiu 7 metros e 90 centímetros, 1 metro e 48 centímetros a menos do que a cheia de 2009, a maior enfrentada pelo município.

Ainda segundo Adriano Aguiar, a Defesa Civil acionou outras secretarias para ser elaborado um plano de contingência, entre elas a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) em que foi solicitado um planejamento para a construção de pontes nos locais da cidade onde são mais afetados pelas enchentes.

“Estamos monitorando a subida do rio com a medida da régua pluviométrica e observamos uma pequena comparação com cheia de 2009 que está muito próximo, lembrando que ainda estamos em março. Com isso decretamos o estado de alerta e já acionamos outras secretarias pedindo um plano de ação de cada uma para formalizarmos um plano de contingência para termos uma resposta rápida para uma possível grande cheia que está se aproximando. Recebemos também diariamente o pedido de monitoramento do Cemoa (Centro de Monitoramento e Alerta) e com isso vamos fazendo tudo o que tem que ser feito na questão da prevenção”, disse Adriano Aguiar.

A subida do rio está em média de 3 a 6 centímetros por dia.

A Defesa Civil também está visitando comunidades da área de várzea, principalmente produtores rurais, para serem dadas orientações.

você pode gostar também