-Publi-A-

Escolas da rede estadual de ensino são sanitizadas após alunos contraírem covid-19

Conforme as informações levantadas pela Vigilância em Saúde do município junto à família, a CREP afirma que a primeira infecção se deu no seio familiar, sendo descartada a infecção no espaço físico das escolas

Foto: Divulgação.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Dois alunos, sendo um do Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Deputado Gláucio Gonçalves e um da Escola Estadual Senador João Bosco, foram contaminados pela covid-19. Por meio de nota, a Coordenadoria Regional de Educação de Parintins (CREP) comunicou que os alunos positivados estão sendo acompanhados pelos setores responsáveis da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-CREP) e pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) com base nos protocolos sanitários.

Conforme as informações levantadas pela Vigilância em Saúde do município junto à família, a CREP afirma que a primeira infecção se deu no seio familiar e estes estão em monitoramento, sendo descartada a infecção no espaço físico das escolas.

“Como MEDIDA PREVENTIVA, as aulas das escolas de incidência foram suspensas por todo dia de hoje, 21 quarta-feira, para sanitização dos ambientes pela Coordenação de Vigilância Sanitária e as pessoas que tiveram contato direto com os estudantes positivados, estão sendo testadas e monitoradas. Com base nos resultados, serão realizados os encaminhamentos protocolares”, diz trecho da nota assinada pelo coordenador regional de Educação de Parintins, João Costa.

Foto: Divulgação.

A Coordenadoria Regional de Educação ressalta ainda que as escolas da rede estadual de ensino seguem protocolos sanitários, entretanto, o autocuidado, uso de máscaras, higienização das mãos, distanciamento social, o não envio de estudantes com sintomas gripais ou familiares positivados às escolas e a colaboração da comunidade escolar são atitudes cidadãs imprescindíveis para minimizar os casos de contaminação, seja nas escolas, como em qualquer outro espaço público de convivência social.

João Costa lamenta a forma como esse fato foi divulgado nos grupos de Whatsapp e em páginas não jornalísticas no Facebook, expondo de forma negativa, desqualificando a seriedade e responsabilidade de todos os agentes educacionais da rede estadual de Educação no município, o que causou medo e pânico à sociedade.

“A Coordenadoria Regional de Educação reafirma que trabalha com dados e informações oficiais e ratifica que desde o momento da comunicação de casos positivados, os encaminhamentos necessários foram adotados. Dessa forma, solicitamos mais uma vez, a confiança de estudantes, pais e responsáveis no trabalho desenvolvido nas escolas da Rede Estadual de Ensino de Parintins”, concluiu.

A Escola Estadual Waldemar Pedrosa também foi sanitizada devido um aluno do educandário ter tido contato com um dos infectados.

As aulas retornarão nesta quinta-feira (22). As aulas presenciais da rede estadual estão funcionando em dois blocos, sendo bloco A e bloco B. Amanhã só não retornarão os alunos que pertencem ao bloco dos estudantes que foram contaminados.

você pode gostar também