Escolha do cartaz do Festival Folclórico de Parintins será dia 15 de abril

“Meu brinquedo” obra campeã do concurso de tela para o cartaz do festival do ano passado do artista Júnior Farias.

Sectur e Artistas pretendem fazer valer o cartaz do Festival que era escolhido, mas não era usado para divulgar a festa dos bumbás.

Da Redação | Parintins 24 horas

[email protected]

Parintins – Todos os anos a reclamação é a mesma. O cartaz Oficial do Festival Folclórico de Parintins não é utilizado para o fim que é eleito, ou seja, divulgar a festa dos bois Caprichoso e Garantido realizada no último fim de semana do mês de junho no bumbódromo de Parintins.

Para isso, boa vontade e disponibilidade é o que não faltam ao novo secretário de cultura Zezinho Faria. De acordo com texto publicado por sua assessoria no inicio da tarde desta terça-feira, 22, ele quer fazer valer o concurso de telas e a divulgação do trabalho vencedor como cartaz oficial da festa folclórica. Resta saber se terá realmente autonomia para isso. O que ainda não se viu na pasta da Cultura e Turismo nos últimos anos.

Faria reuniu com Rob Barbosa, presidente da Associação dos artistas, para discutir a organização do evento onde ficou definido para o dia 15 de abril a realização do concurso para a escolha do Cartaz do Festival. De acordo com Zezinho Faria a premiação aos campeões do concurso será anunciada, a partir da definição do valor do patrocínio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), ao festival de Parintins 2016. “O objetivo do cartaz do festival é atrair e convidar os turistas de longe, de outras regiões do Brasil, inclusive do exterior, das Américas, da Europa, de todos os continentes. Para isso, nós temos que colocar com muito mais antecedência como este ano”, afirmou Zezinho.

A definição aconteceu em reunião nesta manhã no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) sede da Secretaria de Cultura e Turismo. Foto: Luiz Outen
A definição aconteceu em reunião nesta manhã no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) sede da Secretaria de Cultura e Turismo. Foto: Luiz Outen

O secretário destaca que a Sectur depende, para a realização do concurso, de parceiros como o Governo do Estado e Coca-Cola Brasil, principais patrocinadores do festival. “Eles todos comungam dessa ideia, muito embora quase uma tradição esse concurso acontecer muito próximo do festival. Conseguimos antecipar um pouco para que as pessoas possam se programar e escolher o roteiro Parintins”, acentua.

O presidente da AAPP, Rob Barbosa, explica que o concurso tem uma finalidade e um objetivo, não restringido somente a escolha de cartaz e premiação. Conforme ele, o concurso busca incentivar jovens e adultos às manifestações artísticas e culturais. “Envolve todo um sistema que estava esquecido. O concurso era realizado muito em cima da data do festival e não dava tempo de haver essa divulgação em âmbito nacional. O objetivo do cartaz é vender a imagem do festival”, analisa.

Rob Barbosa demonstra ter certeza que os artistas vão apresentar trabalhos com bons resultados. “Nós notamos que há um interesse muito grande do secretário com a associação em resgatar todos esses valores. Os artistas ficam motivados a fazer um trabalho a contento. Com uma pessoa que entende essas questões, fica mais fácil de trabalhar e mostrar resultados. Quanta a premiação, isso fica em segundo plano, porque a gente sabe que o recurso chega depois da festa”, afirma.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Sectur

você pode gostar também