-Publi-A-

Esporte impulsiona jovem para viver e estudar nos Estados Unidos

Fazer uma mudança de país pode ser algo assustador, especialmente para aqueles que buscam uma oportunidade em áreas difíceis e concorridas, como é o caso dos esportes nos Estados Unidos. Muitos jovens têm o sonho de jogar em grandes times, seja no Brasil ou em qualquer outro país, e o elemento mais importante para alcançar esse objetivo é a perseverança.

Um dos casos em que esse elemento fez toda a diferença foi para Caio Teixeira, jogador de basquete e youtuber que foi para os Estados Unidos com o objetivo de praticar o esporte profissionalmente. O ano em que decidiu partir para a Flórida foi 2015 com apenas 15 anos de idade e sem a companhia dos pais. Atualmente, ele está com 23 anos e conseguiu alcançar o sonho de jogar na escola e também na universidade.

Um ponto de virada foi a aceitação dos pais para a viagem, conhecendo os desejos de Caio eles entenderam que a mudança seria benéfica, mas custosa. “Sendo filho único esse foi um desafio para mim e para eles também, que confiaram que tudo daria certo e permitiram a minha viagem para estudar num lugar muito distante de casa”, relembra.

Ao chegar aos Estados Unidos, Caio também não tinha nenhuma vaga nas equipes do colégio garantida. Durante o ensino médio ele conquistou um lugar através de peneiras realizadas pela escola e antes mesmo de finalizar os estudos foi convidado a jogar para uma universidade em Vermont, onde passou dois anos.

O período na Universidade Militar em Vermont foi um dos mais difíceis para o atleta. Diferentemente da Flórida, em que o clima se assemelha ao do Brasil, Vermont é um dos estados mais frios dos Estados Unidos. “Estou acostumado com o clima do Rio de Janeiro, então estar em um local tão frio foi muito complicado. Mas além do clima, a adaptação com algumas questões do dia a dia não foi tão fácil quanto eu imaginei, mas isso não foi um problema, apenas uma oportunidade para entender um pouco mais da cultura americana”, revela.

O atleta pensou em desistir diversas vezes, mas insistiu e permaneceu tirando boas notas para continuar atuando no time de basquete da faculdade. Como uma luz no fim do túnel, surgiu a oportunidade de voltar para a Flórida como bolsista em outra universidade para jogar futebol, onde conseguiu encontrar mais amizades, um clima mais agradável e se graduar. “Consegui a graduação nessa instituição, conquistando diploma em Business Administration. O curso levou quatro anos”, destaca.

Como youtuber, Caio já é bem sucedido e pretende conquistar ainda mais espaço. “Tudo que eu conquistei nesses últimos anos foi por meio do esporte. Tive diversas oportunidades de jogar e me destacar nas modalidades em que escolhi. Além disso, o canal é um meio de alcançar outras pessoas e contar essas histórias, que podem fazer a diferença para alguém que está trilhando o mesmo caminho que eu”, conclui.

Ele também não deixou o basquete de lado nos últimos anos, com o final da faculdade ele pretende iniciar o processo para jogar em uma liga semiprofissional em 2022, que é quando as seleções começam.

Recentemente, Caio concluiu a graduação na última universidade que teve passagem, conquistando diploma em Business Administration. O curso levou quatro anos.

*Para saber mais sobre o dia a dia de Caio Teixeira, acesse youtube.com/c/CaioTeixeiraVlogs. Atualmente, o canal possui mais de 440 mil inscritos. Já no instagram, possui 117 mil seguidores.

você pode gostar também