-Publi-A-

“Essa brincadeira acabou com a vida da minha família”, lamenta mãe de mulher vítima da página Boletim Parintins

Eldiney Alcântara | 24 Horas

[email protected]

Essa brincadeira acabou com a minha vida, com a vida dos irmãos dela, acabou com todos nós”. Esta triste declaração é de dona Zilda Coimbra, mãe de Ana Ferreira, internada após ataques sofridos nas redes sociais pela página Boletim Parintins. No início da tarde da segunda-feira, 27, ela publicou vídeo comovente, falando da tragédia que abalou a família dela.

Ela lamentou a irresponsabilidade da pessoa que causou a piora no quadro de saúde de Ane e de toda a família e amigos. “Eu quero deixar bem claro aqui pras pessoas que pegaram a foto da minha filha e colocaram nas redes sociais, botando aqueles fake news, falando as coisas da minha filha, não só dela como de certas pessoas. Eu peço muito que a minha filha saia dali, porque eu vou querer justiça, eu vou querer saber quem é o cabeça, quem fez isso. Isso não se faz. Vocês tem que saber que vocês tem pais, vocês tem mãe, tem irmãos”, disse.

Zilma contou sobre os problemas psicológicos que a filha sofria e o quanto lutava para tentar viver uma vida normal. “Minha filha, ela tava em festas, estava feliz, mas ela tinha problemas psicológicos. Ela estava de depressão. Ela tomava remédios”, explicou.

“Se ponham no lugar da família. Tenham respeito pelas famílias, tenham respeito pela pessoas que vocês vejam por ae. Vocês acabaram com a nossa família”, declarou revoltada.

Dona Zilma afirmou que vai procurar seus direitos e que os culpados paguem pelo que fizeram. “Rezem para que não venha o pior, porque se vier o pior, o pior vai ser pra quem fez isso com a minha filha. Expor as coisas nas redes sociais mexeu muito com o psicológico dela. Eu tirei fotos de todas as pessoas que estavam criticando, que estavam falando. Eu to viajando, eu vou buscar minha filha, mas eu vou querer justiça”, afirmou.

Ane esta internada no hospital Jofre Cohen. Ela está sedada e recebe acompanhamento médico devido a excessivo ingestão de medicamentos. Ela tem dois filhos. A polícia investiga o caso, que tem como acusado a página Boletim Parintins, supostamente gerenciada pelo perfil identificado como Jappah Sakamotto.

você pode gostar também