Estudante da Ufam Mariza Bahia morre com três facadas em posto de gasolina

A jovem Mariza de Araújo Bahia, 25 anos, estudantes do 6º período do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Campus de Parintins, morreu ao ser agredida e receber três facadas, na madrugada de quinta-feira, 28 de julho. O crime aconteceu na área de conveniência do posto de gasolina Ipiranga, na ponte Amazonino Mendes, quando Mariza encontrava-se com amigos.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima se divertia com os amigos. Entre as brincadeiras o grupo de jovens estaria jogando as sandálias entre si quando uma mulher desconhecida que passava no local foi atingida por uma das sandálias. No mesmo momento a mulher se dirigiu a Mariza e desferiu três facadas.

A universitária Mariza Bahia era natural de Barreirinha e morava na casa da tia dela, situada na rua Paraíba, em frente ao ginásio Elias Assayag. Após o esfaqueamento Mariza foi conduzida ao hospital Padre Colombo, mas não resistiu e morreu antes de dar entrada na unidade hospitalar.

Mariza Bahia estagiava no Fórum de Justiça. Até o fechamento desta edição, de acordo as informações dos investigadores da Polícia Civil, a mulher responsável pela agressão ainda não havia sido identificada. Os policiais civis ainda trabalham no caso para dar uma resposta para mais um assassinato em Parintins.

Do RP

você pode gostar também