-Publi-A-

Estudo sobre cassação de vereadores está no prazo e faltas de Petro Velho não atrapalham afirma Maildson Fonseca

Vereador Maildson Fonseca. Foto: Divulgação/CMP

Reiterou que os trabalhos da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Parintins estão dentro do prazo estabelecido pelo Regimento Interno do Legislativo Parintinense

Mayara Carneiro | CMP

[email protected]

Parintins (AM) – O vereador Maildson Fonseca (PSDB) reiterou que os trabalhos da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Parintins estão dentro do prazo estabelecido pelo Regimento Interno do Legislativo Parintinense em relação ao processo de análise da cassação ou não do mandato dos vereadores Everaldo Batista (PROS) e Rai Cardoso (PMDB), por quebra de decoro parlamentar. Segundo Maildson Fonseca, os parlamentares estão aguardando que o presidente convoque a Comissão para apresentar seu relatório.

“Como relator dos processos 01, 02 e 03/2016 quero esclarecer que nós não vamos negligenciar os prazos. A qualquer momento essa comissão terá que se reunir, porque o Regimento e a Lei Orgânica estão para serem cumpridas. Todo vereador tem seu direito a seis faltas justificadas e acatadas as justificativas pelo parlamento. Dessa forma, o vereador Juliano Santana nesse mês de junho completa hoje (ontem) a quinta falta. Até amanhã (hoje) ele ainda pode faltar justificando-se. Mas, quero dizer que as devidas faltas do vereador não estão atrapalhando o processo”, explicou.

Fonseca disse que os fatos apresentados nas denúncias já foram apurados e o relatório prévio está pronto. Segundo ele, todos os trâmites estão sendo cumpridos. “A partir de agora o Presidente da Comissão de Ética deve determinar o dia e reunião das comissões, dando ciência à Mesa Diretora. Então, quando o vereador Juliano Santana estiver aqui terá que apresentar à Presidente da Mesa o dia e a hora que essa comissão irá se reunir para dar continuidade ao processo”, enfatizou.

você pode gostar também