ExpoAmazônia Bio&TIC 2022: UEA apresenta projetos em feira de inovação e novos negócios

Fomentar a geração de negócios e empregos, além de promover diversas oportunidades para a Amazônia. Essa é a proposta da ExpoAmazônia Bio&TIC 2022, onde a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vai expor os projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&DI) e gerar inovação tecnológica. O evento inicia hoje quinta-feira (30/06), às 14h, e segue até o sábado (02/07), no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques.

 

A ExpoAmazônia Bio&TIC tem o objetivo de movimentar os polos de Bioeconomia e de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) da região, fomentando a geração de negócios e empregos, além de promover diversas oportunidades para a Amazônia. O evento contará com uma área de exposição com estandes destinados a instituições que vão desde órgãos públicos a institutos de tecnologia da informação e comunicação, bioeconomia, universidades, startups, incubadoras, entre outros.

 

O diretor da Agência de Inovação (Agin/UEA), Antonio Mesquita, destaca que a ExpoAmazônia oferece um grande potencial para mostrar o quanto a UEA tem a capacidade intelectual de produzir, inovar e pesquisar produtos da biodiversidade e transformar essa matéria-prima em produto.

 

“Estamos demonstrando o quanto a universidade tem realizado em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica. Esse é o papel da UEA, de universalizar e mostrar todo o seu potencial dentro de um contexto regional e nacional como é a ExpoAmazônia”, salientou.

 

Estande da UEA

O HUB Tecnologia e Inovação será representado pelo Laboratório de Sistemas Embarcados (LSE), e serão exibidos os projetos E-manager, sistema integrado de monitoramento e gestão de energia elétrica; PCD Yara, sistema integrado que faz análises qualitativas da água dos rios; além do Hygia, sistema integrado de higienização de cédulas de dinheiro em máquinas ATM.

 

Também estarão no estande os projetos Arkade Reduz (jogos eletrônicos), do Laboratório de Inovação Tecnológica (Ludus Lab); a Academia Stem; e o Samsung Ocean Manaus.

Serão apresentados ainda o ecopainel feito com fibras do açaí, desenvolvido pelo professor doutor Antônio Mesquita, “Madeira plástica feita com caroço de tucumã”; a “Bioprótese de madeira (feita com cumaru, pau d’arco e roxinho – madeiras típicas da Amazônia)”, desenvolvida pela professora doutora Marlene Araújo; e o Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental (Selva), do Programa de Educação Ambiental sobre Poluição do Ar (EducAIR), do grupo de pesquisa da Escola Superior de Tecnologia (EST).

 

Painéis

Na sexta-feira (1º/07), às 18h, a Incubadora da UEA estará ao lado das incubadoras do Instituto de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e do Cide no Demoday Trilhas de Desenvolvimento – Ciclo de aceleração incubadoras AM. Já no sábado (02/07), às 19h, a professora Maria Olívia Simão apresentará a Rainforest durante a “Jornada da Inovação”.

você pode gostar também