Fazenda da Esperança em Maués poderá ser inaugurada até fim do ano

Da Redação | Parintins 24 Horas

[email protected]

Maués – A coordenação da Fazenda da Esperança em Manaus está muito feliz com a preparação do terreno, o apoio da comunidade e do bispo da Diocese Dom Giuliano Frigenni para a instalação da comunidade, que trabalha a recuperação de jovens dependentes químicos, no município de Maués (distante 268km em linha reta de Manaus).

A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica com mais de 30 anos de experiência na recuperação de jovens dependentes químicos. Avaliada como a maior obra da América Latina desenvolvendo essa atividade e ajudando milhares de famílias, atualmente se encontra em 15 países do ocidente ao oriente. Seu trabalho se baseia no tripé: convivência em família, trabalho como processo pedagógico e espiritualidade para encontrar um sentido de vida.

A reportagem do Maués 24 horas conversou com Valmir da Silva um dos responsáveis da Fazenda da Esperança em Manaus. Mesmo com as atividades ainda caminhando em passos lentos ele tem expectativa muito grande para a instalação da obra social para ainda este ano. “São passos dados aos poucos. Temos um grupo de jovens que terminaram seu período na fazenda  e que estão nos apoiando com a preparação do terreno”, explica.

“A previsão é de que ainda este ano abriremos a Fazenda da Esperança em Maués, mas tudo depende do andamento das atividades, uma vez que a Fazenda de Maués está sendo acompanhada por pessoas que tem outros afazeres e nas horas vagam preparam o terreno”, afirma Valmir Silva.

Em Manaus na Fazenda Dom Gino Malvestio, onde trabalha, Valmir informa que são atendidos 110 jovens. Maués será a primeira cidade a ter uma núcleo da Fazenda da Esperança. Em outras cidades como Parintins foram instalados  o Grupo Esperança Viva (GEV).

você pode gostar também