FENOP participa do XXVII Congresso Latino-Americano de Portos (AAPA LATINO)

Maior encontro portuário da América Latina acontece em Miami (EUA)

A Federação Nacional das Operações Portuária (FENOP) participa essa semana do XXVIII Congresso Latino-Americano de Portos (AAPA Latino), que acontece de 19 a 21 de novembro em Miami (EUA). São aguardados mais de 400 executivos portuários e especialistas internacionais e o presidente da FENOP, Sérgio Aquino, será um deles. Ele fará sua participação com palestra nesta quarta-feira (20/11) cujo tema será: “O Modelo Portuário Brasileiro: desafios e oportunidades”.

Analistas experientes e figuras de renome no setor estarão presentes no XXVIII AAPA Latino-Americano, que fornecerá conhecimento técnico sobre a implementação de políticas de transporte e portos, além de oportunidades de networking e negócios, com a receptividade de Miami, cidade reconhecida internacionalmente entre os principais destinos turísticos do mundo, destaque portuário.

“Apresentaremos a FENOP nesse evento, o sistema portuário brasileiro e os números brasileiros no setor. Esse evento é muito importante e mostraremos nossas necessidades e prioridades. Os modelos portuários brasileiros são oportunidades para novas parcerias e defenderemos a revisão da legislação no intuito de recuperar ainda mais a atratividade dos investimentos privados também nos portos de propriedade pública”, avaliou Aquino.

O AAPA LAtino abordará os projetos portuários que estão sendo desenvolvidos na América Latina e apresentará as novidades dos negócios logísticos e vinculados à navegação e um espaço para a exposição comercial da qual fazem parte as empresas fornecedoras mais representativas do setor.

            

 

UM POUCO DA FENOP

 

A FENOP iniciou suas atividades em 1º de agosto de 1994 e chega à maturidade se adequando à nova legislação portuária no Brasil. Busca  a competitividade do Sistema Portuário brasileiro e a representatividade do setor empresarial responsável pelas operações portuárias.  Defende a competitividade e plena concorrência, com liberdade de preços, nos dois regimes de atuação privada no setor portuário, como atividade econômica essencial regulada.

A FENOP debate as questões envolvidas, em especial nas avaliações das melhores práticas mundiais, na busca de análises e conclusões que efetivamente garantam a competitividade do Brasil no comércio mundial.

você pode gostar também