Festival de Parintins será realizado com duas noites de disputa

Foi uma segunda-feira de grandes decisões, em Parintins. Ontem, 30, o presidente do Caprichoso, joilto Azedo e o presidente do Garantido, Adelson Albuquerque, reuniram seus artistas e foi definido que está mantida as três noites de realizacão do Festival de Parintins. Porém, a disputa pelo título de campeão será em duas noites 24 e 25 de junho (sexta e sabado). No dia 26 os bois se apresentam, mas não haverá julgamento.

Nesta terça-feira, Adelson e Joilto deverão fazer um aditivo ao regulamento, alterando os dias da disputa.

A decisão de fazer a festa em duas noites, com pontos válidos, ocorre depois que o Governo do Estado decidiu não realizar o Festival em 2016. A justificativa foi de que o Governo do Estado não tem dinheiro em caixa. Além de cancelar o maior evento cultural do Norte do país o governador do Amazonas, José Melo (Pros) também anunciou que estão suspensos também repasse de verbas para o Festival de Cirandas de Manacapuru e todos os demais eventos culturais da pasta de Robério Braga.

No fim da semana passada, José Melo mandou até devolver os camarotes do governo no Bumbódromo.

A realização do Festival de Parintins, com somente duas noites de disputa, será um duro golpe na economia da cidade, com sérios danos a maturação do espetáculo, que em 2016 completa 51 anos.

Do De Amazônia

você pode gostar também