Festribal de Juruti começa nesta quinta feira com festa dos visitantes

O Festival das Tribos Ind?genas de Juruti ou Festribal resgata em forma de espet?culo a cultura ind?gena nativa da cidade. O evento figura entre as maiores manifesta??es culturais da Amaz?nia. FOTO: SIDNEY OLIVEIRA-ARQUIVO/AG.PAR? DATA: 25-07-2014 JURUTI-PAR?

A 22ª edição do Festival Folclórico das Tribos Indígenas de Juruti, conhecido como “Festribal” começa nesta quinta-feira (28) e segue até o dia 31 de julho no município de Juruti, Oeste do Pará. A festa, realizada no Tribódromo, localizado no bairro Maracanã, tem como tema este ano “Festribal 2016 – “O Encanto que vem da Floresta”. A expectativa da organização é que o evento reúna 20 mil pessoas durante as três noites.

A quatro dias da festa, os trabalhos de pintura, montagem de palco, camarotes, arquibancadas e a construção de rampas de acesso estão sendo finalizados no Tribódromo. Os serviços de som e iluminação também já começaram a ser feitos. “Nossas expectativas são as melhores. Convidamos toda a população das cidades vizinhas, do nosso estado, de todo o Brasil prestigiar um dos eventos mais importantes da nossa cidade”, informou o secretário de cultura de Juruti, Carlos Pinheiro.

A festa dos visitantes, realizada na primeira noite, vai ter show nacional com a dupla sertaneja Victor e Léo e apresentações regionais de DJ e banda de forró.  A segunda noite terá apresentação das tribos mirins e ensaio técnico das tribos oficiais. Na terceira e última noite, será o duelo das tribos Munduruku e Muirapinima. A divulgação da campeã será na tarde de domingo (31).

 tribo

O Festribal

A festa das tribos é um evento realizado desde 1995. O Festribal resgata, em forma de espetáculo, a cultura indígena nativa da cidade, figurando entre as maiores manifestações culturais da Amazônia e é marcada pela tradicional disputa entre as tribos indígenas Munduruku (vermelho e amarelo) e Muirapinima (vermelho e azul), que esse ano vão defender os temas “Mitos” e “Espíritos”, respectivamente. Tribódromo é o nome do local onde é realizado o duelo das tribos.

A cultura indígena é retratada em forma de música, artes cênicas, alegorias e danças. O modo de vida do caboclo, os rituais indígenas, o pescador e o farinheiro são algumas das inspirações do festival. Em 2008 o Festribal passou a ser considerado Patrimônio Cultural do Pará. Nas duas últimas edições do evento a Tribo Munduruku sagrou-se bicampeã da disputa.

A manifestação cultural e folclórica atrai um grande público dos municípios da região Oeste do Pará, de outros estados do Brasil e até de outros países. Cada apresentação é avaliada por uma equipe de jurados, responsáveis por atribuir notas em quesitos técnicos e artísticos. Entre os itens julgados, estão: Apresentador, Porta Estandarte, Guardiã Tribal, Tuxaua, Índia Guerreira, Pajé, Canto Indígena, Regional, Evolução, Ritual Indígena, Alegoria, Tribo Originalidade, Tribo Coreografada, Originalidade em Conjunto, Harmonia e Galera.

A estrutura do Tribódromo tem capacidade para receber até 6 mil pessoas, segundo a organização. O espaço é fechado e toda estrutura é vistoriada pelo Corpo de Bombeiros. Também estão assegurados dois geradores e  banheiros químicos à disposição dos visitantes.

Segurança
Para garantir a segurança da população local e os visitantes que devem prestigiar a festa, a coordenação do evento firmou parcerias com vários órgãos de segurança da região, como as Polícias Civil e Militar de Juruti e Santarém, Departamento Municipal de Trânsito, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros de Santarém, Conselho Tutelar e a Secretaria Municipal de Saúde, com a instalação de um posto com ambulância e socorristas. Além da polícia, haverá seguranças particulares durante as três noites de festa.

Serviço
Evento? 22ª edição do Festival Folclórico das Tribos Indígenas de Juruti-PA
Quando? De 28 a 31 de julho de 2016
Onde? Juruti, Oeste do Pará
Ingressos?  Arquibancada (R$ 10 e R$ 20); Cadeiras (R$ 200 – 3 noites); Camarotes (R$ 6 a 8 mil – 20 lugares)

Programação oficial
28/7 (quinta-feira)
Festa dos Visitantes com a dupla Victor e Léo
21h – Música Eletrônica
23h – Dupla Victor e Léo
1h – Banda Êxtase (ritmos: forró, arrocha, etc)

29/7 – (sexta-feira)
20h – Apresentação das tribos mirins
23h – Ensaios técnicos das tribos oficiais

30/7 – (sábado)
Apresentação das tribos oficiais
20h30 – Tribo Muirapinima
23h30 – Tribo Munduruku

31/7 – (domingo)
15h30 – Apuração das notas dos jurados
17h – Divulgação da tribo campeã

você pode gostar também