-Publi-A-

Fotojornalista premiado com trabalho amazônico morre de infarto

fotojornalista Rodrigo Baleia, 46 anos

Morreu no último sábado (5), em Porto Alegre, vítima de infarto, o fotojornalista Rodrigo Baleia, 46 anos. Em seus trabalhos premiados internacionalmente, Baleia se destacou em mostrar para o mundo a beleza e a destruição da Amazônia. As imagens produzidas por ele passaram pela National Geographic e colaborações junto ao Greenpeace, Gettyimages, Folhapress, Reuters TV e Canela Instituto de Fotografia e Artes Visuais.

Nos destaques da carreira, um dos seus ensaios foi publicado no jornal inglês The Guardian, um dos mais prestigiados do mundo. Com imagens aéreas mostrando constrastes de cores, vida e morte vegetal, o material foi intitulado “Beauty and destruction: the amazon rainforest in pictures” (Beleza e destruição: a floresta amazônica em fotos). Na trajetória, atuou como professor, acumulou experiência em trabalhos na floresta amazônica e morou em Manaus. Ele estava em casa, em Porto Alegre, quando começou a passar mal. Foi levado ao Hospital Santa Casa, onde sofreu um infarto. Médicos tentaram reanimá-lo, mas não foi possível. Deixa esposa e uma filha de 12 anos.

As despedidas irão acontecer neste domingo (6), no Cemitério São Miguel e Almas, na Capital gaúcha. O velório está previsto para iniciar às 8h. A cerimônia de cremação deve ocorrer às 11h.

Com informações do BNC

você pode gostar também