Garantido define proposta para realização de eleição

Prefeitura de Manaus também proibiu realização da Assembleia de eleição até 30 de setembro

Ainda esta semana, a Comissão Eleitoral e a Diretoria do Boi Garantido devem apresentar ao Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus de Parintins, o plano de realização da eleição para Presidente, Conselho Fiscal e Conselho de Ética da agremiação. No dia 9 de setembro, o Comitê apontou, por conta da ampliação dos casos de Covid-19, a necessidade de adiamento do pleito que segundo o estatuto, deveria acontecer no dia 27 de setembro.

Em ofício respondido a diretoria da Associação Folclórica Boi Garantido, a Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria de Saúde também informou que o “Decreto Municipal nº 4.894, de 31 de agosto de 2020, prorrogou até o dia 30 de setembro de 2020 a suspensão temporária de concessão de licenças e autorizações municipais para realização de eventos no âmbito do Município de Manaus”.

“Tendo em vista as recomendações e demais medidas que estão sendo adotadas no município de Manaus em relação à pandemia do novo Coronavírus, e com base nos Decretos Municipais vigentes, fica impossibilitado o atendimento da demanda em tela”, diz outro trecho do ofício da Prefeitura de Manaus.

Segundo o presidente do Boi Garantido Fábio Cardoso, o Comitê do Coronavírus em Parintins sugere que a eleição seja realizada no dia 25 de outubro, o que será debatido junto a Comissão Eleitoral. “Durante esta semana vamos debater junto com a Comissão Eleitoral para buscar uma data de consenso, para que possamos dentro de todos os protocolos de segurança realizar a eleição”, ressaltou.

você pode gostar também