Garantido é o campeão do Festival Folclórico de Parintins 2019

Com o tema “Nós, o Povo”, boi de Lindolfo Monteverde conquistou o 32° título

Com 1.258,4 pontos, o Boi Bumbá Garantido é o campeão do 54° Festival Folclórico de Parintins. As notas atribuídas pela comissão julgadora foram lidas na tarde desta segunda-feira (1°/7), em apuração feita no auditório do Centro Cultural de Parintins, o Bumbódromo, palco do duelo entre os bois.

O Garantido também levou o troféu de “Melhor Galera do Festival”. O evento é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

O Garantido levou para a arena do Bumbódromo o tema “Nós, o Povo”. As alegorias e o contexto dos espetáculos cênico coreográficos do bumbá vermelho e branco traziam críticas sociais aliadas à tradição folclórica, legado deixado por Lindolfo Monteverde, fundador do boi da Baixa do São José.

“Quero agradecer a todos os artistas do Garantido e toda a nação vermelha e branca. Venceu quem fez o melhor festival. Muito obrigado a toda a organização. Foram muitos obstáculos, mas tivemos muita fé sempre. Fizemos três belíssimos espetáculos. Obrigado, nação, essa vitória é de vocês”, disse o presidente do Garantido, Fábio Cardoso, emocionado.

Impugnações – As duas impugnações deferidas pela comissão julgadora foram referentes às falhas cometidas na primeira noite de apresentações (28/06). O boi Garantido, que abriu o festival de 2019, perdeu um décimo pela entrada antecipada de um músico na arena. O Caprichoso também foi penalizado com a perda de um décimo, por permitir a permanência de uma pessoa não brincante na arena do Bumbódromo. O Caprichoso, vice-campeão deste festival, teve 1.257, 6 pontos, oito décimos a menos que o campeão.

Troféu – Os troféus do boi campeão e de melhor galera do Festival Folclórico de Parintins 2019 foram criados pelo designer parintinense Fram Canto, que assina as peças pelo terceiro ano consecutivo.

Confeccionados com madeira, acrílico e acabamentos em ferro, os troféus medem aproximadamente 0,70m x 0,70m e pesam cerca de 35 quilos cada. A concepção apresenta elementos regionais, como as penas, bois e seus símbolos, além de grafismos indígenas.

Público – Em três noites, o Festival Folclórico de Parintins recebeu 40 mil pessoas no Bumbódromo, nos dias 28, 29 e 30 de junho. Na arena, foram mais de 5 mil brincantes em cada noite de apresentações e um total de 33 alegorias.

“Saímos daqui muito felizes com o resultado do trabalho. Vimos uma redução expressiva no número de atendimentos da Polícia Militar e da saúde, o que mostra um comprometimento do Governo do Estado, para que a gente conseguisse reduzir esses números, mesmo com uma quantidade de espectadores muito maior. Toda uma estrutura foi montada e a operação foi muito bem conduzida. Vamos iniciar os próximos projetos”, afirmou o secretário de cultura, Marcos Apolo Muniz.

Recursos – Os bumbás Caprichoso e Garantido, que neste ano foram reconhecidos pelo Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil, receberam apoio antecipado do Governo do Estado para preparar as três noites de apresentação. As agremiações começaram a receber o recurso, da ordem de R$ 5 milhões, em abril, o que permitiu trabalhar com segurança e apresentar um dos maiores espetáculos folclóricos do país, que atrai anualmente perto de 60 mil turistas.

Estrutura – A operação montada pelo Governo do Amazonas para o 54⁰ Festival Folclórico de Parintins envolveu mais de 1 mil servidores, entre policiais civis e militares, bombeiros, agentes de trânsito, profissionais da saúde, da área social e ambiental, além da equipe de organização do evento. Entre as ações de maior destaque, executadas pelo Governo do Estado, estão as melhorias no Bumbódromo, que foi entregue pelo governador Wilson Lima dois dias antes do início do festival, no dia 26 de junho.

você pode gostar também