-Publi-A-

Garantido faz último ensaio técnico nesta quarta e Caprichoso começa sua série

A segunda noite de ensaio técnico do Garantido para o dia 1° de julho foi dedicada ao resgate das tradições parintinenses. Nesta quarta, a partir de 21h, novamente em seu curral, o Boi Garantido faz a simulação da terceira e última noite (2 de julho) do Festival.

Já a Associação Folclórica Boi-Bumbá Caprichoso realiza a partir desta quarta o seu 1° dia de ensaio técnico para o Festival de Parintins. Os outros dois serão na quinta e sexta. O local das simulações é o Curral Zeca Xibelão, sempre a partir das 21h. O tema do azul para esse ano é “A Poética do Imaginário Caboclo”.

Garantido

O começo da segunda noite de ensaios técnicos do Garantido foi folclórico, com a apresentação de toadas antológicas como “Boa noite povo amazonense vem ver / Boi Garantido chegou e serenou!” e “Rufou meu tambor!”.

Um dos momentos de destaque iniciais foram o Auto do Boi e depois a evolução do Garantido, esta por parte do tripa Denildo Piçanã.

A cunhã-poranga Rayssa Bandeira, a sinhazinha da fazenda Djidja Cardoso, a porta-estandarte Daniela Tapajós e a Rainha do Folclore Isabelle Nogueira evoluíram tanto no seu espaço demarcado na pista quando para a área dedicada à galera vermelha e branca posicionada nas laterais da Cidade Garantido, demonstrando estarem afinadas com a torcida.

Salvo alguma mudança de última hora, a toada clássica “Lamento de Raça” vai concorrer na segunda noite do Festival. Neste ensaio, foi essa canção que o levantador Sebastião Júnior executou. A apresentação foi feita com uma dramática encenação de tribos coreografadas.

O pajé André Nascimento foi o último item oficial desta segunda noite de ensaio a se apresentar individualmente: o ritual que ele encenou foi o da conhecida Lenda do Eldorado.

Uma apoteose com todos os itens encerrou a segunda noite de ensaio na Cidade Garantido.

Do Acritica

você pode gostar também