Governador reafirma a bois e deputados: não tem dinheiro para festival de Parintins

Na reunião que começou às 12h desta terça-feira, dia 24, e às 12h40 já estava encerrada, o governador José Melo (Pros) reafirmou o que já havia anunciado na última sexta, dia 20: o Governo do Estado não vai patrocinar o Festival Folclórico de Parintins.

O clima inicial do encontro de Melo com os presidentes dos bois Caprichoso, Joilto Azedo, e Garantido, Adelson Albuquerque, era de cordialidade. No final, com a reafirmação do governador, reinou o silêncio e um ar de decepção.

Do encontro participaram ainda o presidente da Assembleia Legislativa (ALE-AM), Josué Neto (PSD), o líder do governador na casa, David Almeida (PSD) e os deputados Cabo Maciel (PR), Bi Garcia  (PSDB), Bosco Saraiva (PSDB) e Sabá Reis (PR).

O próprio gabinete do governador se encarregou de ligar para os deputados para pedir suas presenças.

Figura emblemática na questão, por ser o titular da pasta que gere os recursos e organizava a presença do estado na festa, o secretário de Cultura, Robério Braga, estava ao lado, fisicamente, dos presidentes dos bumbás.

Na saída silenciosa do gabinete do governador, Joilto e Adelson afirmaram que vão buscar recursos do governo federal e já elegeram o porta-voz em Brasília: o senador Omar Aziz (PSD).

Do BNC

você pode gostar também