Governo interino de Temer estuda extinguir EBC para evitar “desperdício de dinheiro”

O presidente interino Michel Temer avalia extinguir a Empresa Brasil de Comunicaçao (EBC). Segundo o colunista Jorge Bastos, do jornal O Globo, o peemedebista teria encomendado um estudo para encerrar as atividades dos veículos que compõem a estatal.

De acordo com o jornal, a medida tem apoio do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e do secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco.
Segundo O Estado de S. Paulo, Lima qualifica a EBC como um “emblema do aparelhamento do PT no governo”, que só gera “desperdício de dinheiro”. Ele informou que a extinção ainda não é um projeto de governo, mas de alguns integrantes da gestão Temer.
Já Moreira Franco, defendeu que não faz sentido manter uma estatal com programação parecida com a das empresas privadas, como acontece atualmente. A assessoria do presidente interino informou que o assunto não está em discussão na Presidência.
O representante dos empregados no Conselho de Administração da EBC, Edvaldo Cuaio, destacou o desperdício de dinheiro com a demissão e recontratação de profissionais na troca de comando entre os jornalistas Ricardo Melo e Laerte Rimoli. Também questionou os contratos de transmissão de jogos de futebol, que somam R$ 17,8 milhões.
Ricardo Melo ponderou que não houve aumento de contratação desde que retornou à empresa e que a proporção entre funcionários do quadro e de cargos em comissão é de 32%, uma vez que os recontratados ocupam postos de demitidos da administraçã de Rimoli. Ele não quis comentar a proposta de extinção.
Do Portal Imprensa
você pode gostar também