-Publi-A-

Governo investiu quase R$6 milhões no Hospital Padre Colombo, afirma secretário estadual de Saúde

Eldiney Alcântara | 24 Horas
[email protected]

De janeiro a julho de 2021, o Governo do Estado do Amazonas investiu no Hospital Padre Colombo (HPC), em Parintins, cerca de R$ 6 milhões em diversos setores. A informação foi dada pelo secretário de estado da Saúde, Anoar Samad, após visita ao município. Ele se reuniu com a direção daquela unidade e anunciou que medidas serão tomadas para dar maior estrutura àqua unidade.

Segundo Samad, são exatos R$ 5.936.534,98 (cinco milhões novecentos e trinta e seis mil e quinhentos e trinta e quatro reais e noventa e oito centavos). Em equipamentos foram gastos R$ 190 mil; medicamentos R$ 1,350 milhão; em locação de equipamentos R$ 392 mil; termo de fomento R$ 1,732 milhão; folha de pagamento (RH) R$ 3,790 milhões.

Samad informou que o governo estadual tem conhecimento das dificuldades enfrentadas pelo Hospital Padre Colombo e que a visita é para definir metas para solução dos problemas. “Deslocamos quase a secretaria todinha pra vim pra cá resolver todos esses problemas. Tinha sempre aquela informação de que o hospital tá na UTI e, na verdade, a gente está aqui e a participação intensa do Governo do Estado do Amazonas em manter o hospital Padre Colombo funcionando”, afirmou o secretário.

O secretário de saúde manteve reunião com o procurador geral do HPC, padre Mauro Romanello, o deputado estadual Tony Medeiros e o prefeito de Parintins em exercício Mateus Assayag para ouvir as demandas e alinhar medidas para reestruturação da unidade. Para Pe. Romanello, o hospital precisa se modernizar para atender melhor a população parintinense. “Depois de 45 anos de atuação o Padre Colombo tem que se preparar para o futuro. A medicina evolui sempre rapidamente. Então, nós estamos no preparando para o futuro”, disse pe. Mauro.

No dia 11 de setembro foi feita uma rifa para arrecadar recursos e comprar um aparelho de raio X, porém ainda não foi divulgado o valor arrecadado. A direção do hospital pretende realizar uma nova reforma na estrutura do hospital, uma vez que a última realizada foi há 20 anos. “Nós queremos ampliar a nossa atividade para poder dar aos parintinenses uma sensação melhor, mais ampla em serviços hospitalares. É um processo lento, difícil e vai ser realizado com a ajuda de todo mundo. Nesse sentido, realmente maravilhoso, porque estamos ajudando com doações”, finalizou o sacerdote.

você pode gostar também