-Publi-A-

Guarda Municipal tem projeto para regularização e aumento do efetivo

Com a regularização da Guarda Municipal, importantes investimentos irão acontecer. Aumento do efetivo para 150 membros e um centro integrado para monitorar a cidade de Parintins, através de câmeras de segurança, são os principais projetos. Armas não letais, veículos e cursos de capacitação para os agentes também estão incluídos.

O coordenador da guarda municipal, Ronaldo Pontes (capitão da PM na reserva), informou que o projeto foi apresentado em audiência pública para ser inserido no Plano Plurianual (PPA) e a decisão ficará por conta do prefeito Bi Garcia. “Aguardamos pela aprovação do projeto para que possamos fortalecer ainda mais o serviço de segurança em Parintins”, destacou.

Pontes defende a importância do centro integrado porque Parintins seria vigiado por 45 câmeras de segurança. Seis pessoas iriam trabalhar numa sala para fazer o monitoramento de bairros e centro para identificar com maior rapidez os locais de atuações dos criminosos. “A nossa cidade seria vigiada 24 horas por dia e a violência iria diminuir”, explica.

Atualmente a guarda municipal funciona com um efetivo de 68 membros e atua nos grandes eventos realizados pela Prefeitura de Parintins. Durante a semana, guardas são destacados para trabalhar na proteção do patrimônio público em toda a cidade. A sede da guarda municipal funciona no centro de segurança Major Pacheco, na rua Gláucio Gonçalves, bairro Itaúna II.

 

você pode gostar também