Homem confessa ser mentor da morte do tio e primo por dívida de R$ 400

Diego Vale do Vale confessou ter planejado o crime. Foto: Divulgação/Rocam

Edson de Castro Souza, 44, e o filho dele Euleson Vale de Souza, 19, morreram vítimas de latrocínio, enquanto chegavam em casa, no bairro Monte Pascoal. O crime foi arquitetado pelo sobrinho e primo das vítimas, Diego Vale do Vale, segundo policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), que conseguiram prendê-lo e outros dois comparsas. Diego afirmou que planejou o crime porque o tio estava lhe devendo R$ 400.

Os crimes aconteceram na noite de ontem (12), segundo o familiar das vítimas, Elisson Castro de Souza, 43. “Eles estavam chegando em casa em um carro, quando foram abordados por três homens, que tentaram fazer o assalto. O Diego passou as informações para esses homens, para que eles fizessem o crime. O Edson reagiu, os bandidos deram uma coronhada nele e eles chegaram a travar luta corporal, além de atirar no Edson e no filho dele. Depois os homens conseguiram fugiram em um carro”, afirmou ele. Willian Costa, que também é tio de Diego, foi baleado.

Durante a fuga, policiais da Rocam realizaram uma perseguição. Os homens estavam em um carro modelo Prisma, de cor vermelha e placa JXB-4951, que chegou a cair no igarapé. Um dos homens conseguiu fugir, mas a policia conseguiu prender Raimundo Kleber Mendonça de Souza e Tiago Vieira de Araújo. Segundo a Rocam, a dupla informou aos policiais que Diego era familiar das vítimas e passou as orientações para que o crime fosse feito.

Diego foi preso no Serviço de Pronto Atendimento do bairro Galileia, onde as vítimas chegaram a ser levadas, mas não resistiram aos ferimentos. Segundo policiais da Rocam, no celular de Diego foram encontradas ligações aos comparsas, além de mensagens, e ele acabou confessando o crime. Em depoimento, Diego afirmou que queria dar um “susto” no tio, que estava devendo R$ 400 para ele.

Willian Costa foi baleado com um tiro no peito e está internado no Hospital João Lúcio, onde passou por cirúrgia. O estado de saúde da vítima é estável, segundo Elisson Castro.

Os presos foram encaminhados para o 19º Distrito Integrado de Polícia.

Fonte: d24

você pode gostar também